Quarta, 20 de Outubro de 2021

Em três dias, Projeto encoleira cerca de mil cães contra a leishmaniose

Cães da zona norte serão encoleirados até o próximo dia 14; moradores das demais regiões da cidade devem ficar atentos quanto as datas, locais e horários de funcionamento dos postos
06/02/2014 as 00:00 | Votuporanga | Da Redaçao
Começou nesta segunda-feira, dia 03, a ação que pretende encoleirar todos os cães do município, com coleiras repelentes à base de deltametrina 4%, para o controle da leishmaniose visceral.

Até agora, cerca de 1 mil cães foram encoleirados nos postos instalados na zona norte. Para o veterinário da Secretaria de Saúde, Élcio Sanchez Estevez Júnior, a procura pela coleira tem superado as expectativas. “Os moradores da zona norte tem aderido à campanha, o que nos deixa bastante satisfeitos. A leishmaniose é uma doença que pode matar; nossa maior preocupação é zelar pela saúde da população e dos cães sadios” – destaca Júnior.

Pontos de encoleiramento permanecerão montados no bairro Pozzobon, Parque das Nações, Pró-Povo e Residencial Prado e Colinas, até o próximo dia 14. Portanto, os moradores que já foram cadastrados durante o censo canino, deverão levar seus cães para serem encoleirados em um dos postos, das 08h às 13h. Os cães que forem encaminhados após este horário, não serão atendidos.

A apresentação da carteira de identificação do cão é obrigatória para o encoleiramento. O morador deve procurar um dos postos de encoleiramento do SEU BAIRRO, conforme programação a seguir:

Postos Zona Norte:

Segue a localização dos postos de encoleiramento da zona norte que estão em funcionamento:

- Mini-hospital “Fortunata Germano Pozzobon”

R. Antônio Serafim Queiroz nº 2395



- Ginásio Mário Covas

R. Sebastião Lima Braga nº 3010



- Unidade de Saúde “Daniele Cristina Lamana” – Parque das Nações

R. Eduardo Morini Bortoloti nº 1951

- Antigo prédio da Unidade de Saúde “Dr. Martiniano Salgado” – Pró Povo

R. Vergílio Moreti nº 2191

*Sábado, dia 08 de fevereiro, o encoleiramento será no Ginásio Mário Covas, das 07h30 às 12h.

Demais Postos de Encoleiramento:

Seguem as datas, horários e locais em que os demais postos serão montados:

Data: 17 de Fevereiro a 21 de Fevereiro

Horário: 8h às 13h

Quiosque da Praça do Monte Verde e Residencial Noroeste

Clube de Mães - Cecap II

Tiro de Guerra

Praça Aureliano

*Sábado, dia 15 de fevereiro, o encoleiramento será disponibilizado no Tiro de Guerra, das 07h30 às 12h.

Data: 24 de Fevereiro a 28 de Fevereiro

Horário: 8h às 13h

Unidade de Saúde “Dr. Walter Eleutério Rodrigues” – São Cosme

Ginásio CSU “Jane Maria de Lacerda Soares”

Consultório Municipal “Dr. Jerônimo Figueira da Costa Neto” – Jardim Marin

Escritório Poloeste – Portal do Sol

*Sábado, dia 22 de fevereiro, os postos de encoleiramento estarão no Consultório Municipal “Dr. Jerônimo Figueira da Costa Neto” – Jardim Marin, na Vila Carvalho e no distrito de Simonsen, das 07h30 às 12h.





Data: 10 de Março a 14 de Março

Horário: 8h às 13h

Espaço Empresarial “David Mendonça Pontes” – Estação

Praça Bezerra de Menezes – Cidade Nova

Antiga Paraty Veículos – Rua: Ponta Porã nº 3460, Santa Luzia

Vigilância Ambiental – Rua: Santa Catarina nº 3935, Patrimônio Velho

*Sábado, dia 15 de março, o encoleiramento será disponibilizado no Espaço Empresarial e Vigilância Ambiental, das 07h30 às 12h.

Indicações sobre uso correto da coleira:

- Não dar banho ou tosar o cão antes de levá-lo para o encoleiramento. Após a tosa, aguardar 48 horas para colocar a coleira;

- Não é necessário retirar a coleira para o banho;

- Cães menores de três meses de vida não devem ser levados para os postos para serem encoleirados;

- Gatos e outros pets NÃO podem usar a coleira.

Para ingestão acidental da coleira ou dúvidas e informações relacionadas ao uso do produto, deve-se entrar em contato pelo 0800-70 70 512 (MSD Saúde Animal).

Projeto:

Esta ação está sendo desenvolvida por meio de uma subvenção do Ministério da Saúde, de aproximadamente R$ 2,5 milhões; verba garantida ao município pelo cumprimento as ações pautadas pelo MS no controle à leishmaniose.

Enfermeiros e agentes comunitários de saúde e agentes de vetores receberam treinamento para a realização das ações.

Mais esclarecimentos sobre o projeto de encoleiramento, podem ser obtidos em todas Unidades de Saúde do município.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com