Quedas de temperatura esto associadas a aumento de AVC - regiaonoroeste.com
Domingo, 03 de Dezembro de 2023

Quedas de temperatura esto associadas a aumento de AVC

19/06/2018 as 21:56 | Brasil | Da Redaao
As quedas de temperatura foram associadas ao aumento no nmero de mortes por acidente vascular cerebral (AVC), principalmente entre a populao com mais de 65 anos. Entre os idosos, a incidncia de AVC associado a quedas na temperatura mdia maior entre as mulheres.

A concluso de um estudo que envolveu dados de mortalidade e de estaes meteorolgicas de 2002 a 2011 na cidade de So Paulo, realizado por pesquisadores da Universidade de So Paulo (USP) e da Universidade Catlica de Santos (Unisantos), com apoio da Fundao de Amparo Pesquisa do estado de SP (Fapesp).

Quando os dados do Programa de Aprimoramento das Informaes de Mortalidade no Municpio de So Paulo (PRO-AIM) e da Estao Meteorolgica do Instituto de Astronomia, Geofsica e Cincias Atmosfricas da USP foram confrontados, houve a descoberta de que o risco relativo para a ocorrncia de AVC (isqumico e hemorrgico) era maior quando a temperatura mdia era menor, abaixo dos 15 C. Acima dos 65 anos, as temperaturas mdias mais baixas representaram maior risco de AVC hemorrgico para as mulheres, um resultado que surpreendeu os pesquisadores.

No incio do estudo, achvamos que quando houvesse uma variabilidade acentuada de temperaturas, tanto para o frio quanto para o calor, os resultados seriam semelhantes para os dois subtipos de AVC. Ou seja, nos dias de muito frio ou de muito calor haveria mais mortes de ambos os subtipos. No foi o que ocorreu. No caso do AVC hemorrgico, o frio um fator muito mais importante, especialmente entre as mulheres, disse a gegrafa Priscilla Venncio Ikefuti Agncia Fapesp. Ela foi professora da Universidade Federal da Fronteira Sul e trabalha na Secretaria de Estado da Sade de So Paulo, no Centro de Vigilncia Epidemiolgica (CVE).

Uma explicao para o fato de o AVC ser mais comum entre os idosos a diminuio do metabolismo na terceira idade. Os idosos tm menor capacidade de manter a homeostase regulao do metabolismo para manter constantes as condies fisiolgicas necessrias vida diante de mudanas nas temperaturas.

Verificamos tambm que, para todos os casos de AVC, e para o AVC hemorrgico em particular, o sexo mais vulnervel o feminino. Os dados mostram que as mulheres tm, mesmo que ligeiramente, mais alta mortalidade mdia por AVC. O risco relativo do acidente, calculado para as variaes da temperatura mdia, tambm foi maior entre mulheres do que em homens. De forma similar, as temperaturas mdias mais baixas causaram maior impacto em mulheres, em ambos os subtipos de AVC, disse Ikefuti.

Segundo ela, o estresse pelo frio resulta em elevao da presso arterial, aumento na viscosidade do sangue e na contagem de plaquetas, o que eleva a presso arterial podendo causar um AVC hemorrgico.

Os pesquisadores destacam que uma questo importante para explicar o maior risco de AVC entre as mulheres est na menopausa, quando o corpo diminui a produo do hormnio estrognio, o que a deixa sujeita a um maior risco de doenas vasculares.

Nosso estudo contribui para a compreenso do impacto da temperatura sobre a mortalidade por AVC em um pas tropical, onde a temperatura no seria, supostamente, um fator de preocupao para risco de AVC. O trabalho comprovou que, pelo menos na cidade de So Paulo, este no o caso, disse o mdico Alfsio Lus Ferreira Braga, professor da Unisantos e coautor da pesquisa.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com