Terça, 11 de Agosto de 2020

Júri do médico Semeghini é remarcado para 8 de outubro

Imprensa aguarda a saída de Luiz Henrique Semeghini
28/08/2015 as 09:42 | | Da Redaçao
Como já noticiado com exclusividade pelo regiaonoroeste, o advogado de defesa do médico Luiz Henrique Semeghini, Alberto Zacharias Toron não compareceu ao plenário do Júri marcado para esta sexta-feira, dia 28. O juiz Vinicius Castrequini Bufulin foi obrigado a suspender o julgamento e remarcar para o próximo dia 8 de outubro, às 9h.

Bufulin deve oficializar a defensoria pública para nomear um defensor para o réu, podendo ser um advogado da Comarca de Fernandópolis ou qualquer outro local do estado, que, em tese, fará a defesa em plenário no dia 8 de outubro.

Todavia, Toron poderá comparecer no próprio julgamento e assumir a defesa em plenário, sendo que neste caso, o defensor nomeado não poderá atuar. Bufulin observou que Toron não abandonou o caso, simplesmente não compareceu ao julgamento designado pelas razões que expôs em seu pedido. Por esse motivo, Toron não poderá ser penalizado pelo juiz.

A estratégia da defesa é aguardar o julgamento de três suspeições impetradas contra o juiz, bem como, Toron deixou claro que não quer que Vinicius Castrequini presida este julgamento. A defesa quis somente evitar um julgamento nesta sexta-feira, já que o TJ poderá julgar procedentes os pedidos de Toron, e neste caso, o júri, mais uma vez seria cancelado.

O cancelamento do júri frustrou dezenas de estudantes do curso de Direito que passaram a noite em frente ao Fórum de Fernandópolis para garantir um lugar na plateia.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com