Sexta, 12 de Julho de 2024

O Brasil dos marajás

Foto: Arquivo/PCdoB
Flávio Dino ganha plano de saúde vitalício
06/07/2024 as 05:50 | Brasil | Valdecir Cremon - Youtube Cremon Jornalista
Embora tenha "trabalhado" como senador por apenas 21 dias, no ano passado, Flávio Dino (PT-STF) ganhou um plano de saúde vitalício do Senado, com direito a estender a regalia a pais, esposa, irmãos e filhos. Foi quando, malandramente, ele deixou o ministério da justiça (iniciais minúsculas propositalmente) para assumir a vaga no Senado antes de ir ao STF.

Como é que é?


Sim! Um eleito, mesmo que assuma o cargo por menos de um mês, como no caso, tem direito a barbaridades como esta. Hoje, 245 ex-senadores e mais de uma milhar de parentes deles têm plano de saúde por trabalhadores que passam a vida inteira aguardando por atendimento razoável n o SUS. O gasto mensal para um marajá assim é de R$ 600.

Gasto milionário


Essa bizarrice do Senado, criada em 1995, custou R$ 31,7 milhões do nosso dinheiro só em 2022, segundo levantamento publicado ontem pela Gazeta do Povo.

Um absurdo!


Dino recebe aposentadoria por ter sido um péssimo governador do Maranhão, outra por ter sido, infelizmente, eleito como deputado federal, e a terceira, agora do Senado. No supremo (inicial minúscula por escassez de respeito) ele tem salário-base de R$ 41 mil, além de outras dezenas de direitos, incluindo mais uma aposentadoria vitalícia.

Acha que acabou?


Segundo a reportagem da Gazeta do Povo, além de Dino, outros três ministros de Lula estão na lista de beneficiados. Renan Filho (Transportes), Carlos Fávaro (Agricultura) e Camilo Santana (Educação). Todos com direitos como médicos no Brasil e no exterior, UTI aérea, e direito de escolha para exames, internação e cirurgias nos caríssimos hospitais Sírio-Libanês e Albert Einstein. Nada de SUS.

Carnes nobres para togados


Enquanto o presidente comunista fala em aumentar impostos de carnes de primeira, o STF reservou R$ 6 milhões em seu orçamento para torrar em jantares e eventos de seus bem pagos ministros. No cardápio constante do contrato com uma prestadora de serviços constam filés de carne vermelha e de peixes, camarão e bacalhau, além de uma extensa lista de pratos de entrada e sobremesas caras.

Anote isso para conferir depois


Lula liberou R$ 102 milhões para a Polícia Federal um dia antes do indiciamento de Jair Bolsonaro no caso das joias.
Lula se reuniu com Guido Mantega, anteontem, para tratar da sucessão de Roberto Campos Neto no Banco Central, em dezembro.
Lula liberou R$ 4,1 bilhões em emendas para deputados - a maioria do PT -, no início da semana.

Obra inaugurada pela metade


Lula e sua quadrilha foram surpreendidos, ontem, em Osasco (SP), durante a inauguração de um campus da Unifesp. A estudante Jamilly Fernandes, escolhida para discursar em nome dos alunos, revelou que apenas metade da obra foi entregue, faltando o auditório, o prédio da biblioteca, a quadra e os anfiteatros, mesmo após 14 anos de construção.

Moro reage


O senador que é um dos maiores alvos de perseguição da extrema-esquerda brasileira está mesmo aos poucos, reagindo com sabedoria contra o líder da facção, lula. Ontem, Sergio Moro (Podemos-PR) postou no X-Twitter uma zoeira contra o presidente comunista. "O povo sou seu", escreveu Moro em um tuíte que junta palavras como megalomania e desfaçatez. "Estamos indo bem", finalizou.

Salles, o retorno


Publicamente p. da vida com o PL, o deputado federal Ricardo Salles (SP) anunciou ontem que recebeu oficialmente um convite do Partido Novo para retornar à legenda e concorrer ao Senado em 2026.

Bolsonaro e Milei


O ex-presidente brasileiro o atual presidente da Argentina participam, hoje e amanhã, do CPAC (Conservative Political Action Conference), em Balneário Camboriú (SC). Jair Bolsonaro e Javier Milei vão se juntar a deputados, governadores e palestrantes do Brasil e do exterior para a defesa de "valores básicos de uma democracia".

O protegido


Adélio Bispo, aquele marginal do Psol que tentou matar Jair Bolsonaro em 2018, não terá o "benefício" de ir da penitenciária de Campo Grande (MS) para um hospital psiquiátrico de Minas Gerais. O Tribunal de Justiça disse que não há vagas para ele lá. Se houvesse, certamente que os bem pagos advogados do assassino iriam exigir a regalia.

Mijando no poste


As feministas que cobraram tanto seus direitos em lacrações sem fim durante o governo de Jair Bolsonaro estão caladas no escândalo do vereador petista Miguel Alves de Araújo, de Barra do Mendes (BA), que pedia noitadas de sexo animal a mulheres a quem prometia emprego e casinhas do Minha Casa, Minha Vida.

Sabe por quê?


O presidente dos comunistas disse ontem, em Osasco (SP), que tem energia de 40 anos e tesão de 20, mesmo já perto de completar 80 anos.
a) Lula não mente
b) Janja não mente
c) Fake news
d) Imita o "imbrochável" de Bolsonaro

FRASE


Da estudante Jamily Fernandes, ontem, durante a "inauguração" de uma obra inacabada, iniciada há 14 anos - no segundo mandato de lula -, em Osasco (SP).

"Depois de muita luta e 14 anos de espera, finalmente estamos presenciando a inauguração oficial de apenas metade de um novo campus da Unifesp Quintaúna, o qual foi aguardado ansiosamente por toda a comunidade acadêmica. Em uma celebração com a presença do excelentíssimo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, é necessário reforçar que as obras do campus não estão completas e ainda nos faltam o auditório, o prédio da biblioteca e a quadra e os anfiteatros."
Jamily Fernandes, aluna da Unifesp de Osasco (SP). Foto: Arquivo pessoal
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com