Domingo, 23 de Junho de 2024

Resposta a Alexandre de Moraes

Foto: Agência Câmara
Eduardo Bolsonaro, deputado do PL de São Paulo
24/05/2024 as 05:21 | Brasil | Valdecir Cremon - Youtube Cremon Jornalista
Após o primeiro-ministro do STF, Alexandre de Moraes, resgatar uma antiga frase do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), nesta quarta-feira (22), e debochar do parlamentar, o filho do ex-presidente usou suas redes sociais e reagiu à provocação: "Você também está preso, Alexandre de Moraes, ou você sai às ruas tranquilo? Conte-nos como é a reação das pessoas quando você chega no clube Pinheiros? Ou se você consegue jantar em Londres sem antes checar as redes sociais de nome por nome daqueles que se sentarão à mesa? Valeu a pena?", escreveu o deputado no X-Twitter.

O Brasil na mira


A Câmara dos Deputados dos Estados Unidos enviou ao FBI um ofício com pedido de esclarecimentos sobre uma possível ligação do serviço de inteligência norte-americano com o governo brasileiro para o bloqueio de perfis em redes sociais e perseguições a políticos e eleitores da direita, especialmente pelo STF, em um desdobramento das revelações dos e-mails de Alexandre de Moraes ao antigo Twitter.

Marielle não morre!


O avanço do inquérito sobre o assassinato da vereadora fluminense Marielle Franco (Psol), em 2018, revela indícios de outros crimes que não têm relação direta com o plano de execução dela, com suspeitas que vão desde o desvio de emendas parlamentares até o aparelhamento da Polícia Civil do Rio. Agora, a Polícia Federal quer autorização do STF para compartilhar provas com outros órgãos de segurança para a abertura de investigações autônomas.

Castro escapa


O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro decidiu manter, ontem à noite, o mandato do governador Cláudio Castro (PL) e do vice Thiago Pampolha (MDB), acusados de abuso de poder político e econômico durante as eleições de 2022. Como sempre, partidos de esquerda, aliados de lula, vão recorrer ao TSE. À frente do recurso ninguém menos que Marcelo Freixo, ex-Psol, agora PT.

CFM reage a Moraes


O CFM (Conselho Federal de Medicina) vai enviar ao STF estudos científicos para pedir que seja mantida sua resolução que dificulta o aborto para casos de estupro em gestações com mais de 22 semanas - 7 meses -, que foi suspensa pelo cacique Alexandre de Moraes na última sexta (17).

Vergonha mundial


Enquanto Dias Toffoli anula condenações de empresários tão bilionários quando corruptos, e limpa a ficha de ex-presidiários como lula, Cabral e José Dirceu, o Brasil passa vergonha mundo afora. Depois do jornal esquerdista Washington Post, dos EUA, agora é a vez do britânico Financial Times publicar artigo falando do derretimento da Lava Jato, pelo STF, para esconder o maior escândalo de corrupção do país.

Gravado na memória


“Uma vergonha internacional. Anulando tudo da Lava Jato... quero ver apagar a nossa memória”. A frase é do deputado federal Alexandre Ramagem (PL-RJ) sobre decisões de Toffoli.

Saudade de Bolsonaro


Jair Bolsonaro disse ontem a uma rádio de Pernambuco que os prefeitos sentem falta de seu governo. O motivo, segundo ele, é porque foram destinados mais recursos para as prefeituras em sua gestão do que na atual.

Mijando no poste


Enquanto Dias Toffoli livra o bilionário Marcelo Odebrecht, réu confesso de corrupção nos governos do PT - dois de lula e um e meio de Dilma -, internautas revelam ao mundo que o empresário comprou contratos com o governo federal por mais de R$ 300 milhões. O vídeo do descontraído depoimento dele ao Ministério Público Federal, em 2017, viralizou nesta semana. Quer ver o vídeo? Clique aqui

FRASE


De Luís Roberto Barroso, que ocupa a sala da Presidência do STF, ontem, no lançamento do livro Anuário da Justiça 2024, da Editora Conjur, em Brasília. Quer ver o vídeo? Clique aqui

"Nós já temos muitas dificuldades inevitáveis no Direito para precisarmos piorar. Já falamos coisas como “no aforamento”, “havendo pluralidade de enfiteutas”, “elege-se um cabecéu”. Isso é péssimo! Ou “embargos infringentes”. Ou “mútuo feneratício”. Sempre que vejo isso, eu me lembro de uma posição do Kama Sutra."
Luís Roberto Barroso, presidente do STF. Foto: Divulgação/STF
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com