Domingo, 23 de Junho de 2024

Homens ganham até 4 vezes mais que mulheres na mesma função

20/05/2024 as 10:00 | Brasil | DCM
No mercado de trabalho brasileiro, os dados revelam uma disparidade significativa nos salários entre homens e mulheres em cargos de liderança e em profissões ligadas às ciências exatas.

Segundo análise da Folha com base na Rais de 2022, homens ocupando cargos de diretores financeiros, gerentes financeiros, de crédito ou de vendas, além de diretores administrativos ou gerais, podem receber até 3,9 vezes mais por hora de trabalho do que mulheres nas mesmas posições. Essa discrepância estende-se a outras ocupações de alto escalão, como diretores gerais de empresas, onde a diferença salarial pode atingir até R$ 73 por hora trabalhada.

Essa desigualdade salarial também se manifesta em cargos relacionados às ciências exatas, como o de economista do setor público e corretor de valores, ativos financeiros, mercadorias e derivativos.

Apesar dos esforços para promover a equidade no mercado de trabalho, parte dessa disparidade pode ser atribuída aos papéis sociais historicamente impostos às mulheres, incluindo responsabilidades domésticas e de cuidado que limitam sua disponibilidade e comprometem sua progressão na carreira.

Embora haja avanços na participação das mulheres no mercado de trabalho e em cargos de liderança, como destacado por especialistas, a maternidade, a falta de compartilhamento das responsabilidades de cuidado e a hesitação das mulheres em negociar salários ou pedir aumentos contribuem para a persistência dessa disparidade.

A recente lei sancionada em 2023 pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que busca garantir a igualdade salarial entre homens e mulheres, é um passo importante, mas especialistas alertam que ela sozinha não será suficiente para eliminar as desigualdades de gênero no mercado de trabalho.

Portanto, para alcançar uma verdadeira equidade salarial, é necessário não apenas a implementação de políticas como a nova lei, mas também uma mudança na composição ocupacional e uma maior participação das mulheres em profissões de maior remuneração. A análise da Rais, embora forneça insights importantes, tem limitações, como a falta de informações sobre renegociações de jornada de trabalho e o grau de experiência de cada funcionário, que podem influenciar os resultados.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com