Domingo, 26 de Maio de 2024

Show tem sexo oral fake; deputado pede ação do MPSP

21/04/2024 as 12:35 | Estado de São Paulo | Metrópoles
Um show em Campinas que contou com cenas de nudez e uma simulação de sexo oral no palco vem causando polêmica na cidade, motivando até pedido de ação civil para o ressarcimento de R$ 765 mil que teriam sido destinados pela gestão do prefeito Dário Saad (Republicanos).

O show ocorreu na tarde do último domingo (14/4), na Praça Durval Pattaro, em Barão Geraldo – distrito afastado do centro de Campinas e que abriga a Unicamp.

A festa, chamada Bicuda, celebrou a diversidade sexual e foi voltada para o público LGBTQIA+. Na cidade, vereadores de centro-direita criticaram as letras de música com palavrões, as cenas de nudez e a simulação do sexo oral ocorrida na apresentação. Vereadores de esquerda afirmaram que não sabiam que tais conteúdos seriam levados à apresentação.

A festa foi bancada por emenda parlamentar da vereadora Paolla Miguel (PT).

O deputado estadual Rafael Zambardi (Cidadania) enviou um ofício ao Ministério Público de São Paulo (MPSP) solicitando que uma ação civil seja proposta à Justiça requerendo a devolução do dinheiro.

No ofício, o deputado argumenta que a prefeitura “não faz nenhum levantamento, através de solicitação de plano de trabalho ou projeto pela empresa/pessoa contratada para a realização do evento”.

O Metrópoles tentou, sem sucesso, contato com a prefeitura de Campinas para comentar o caso. O espaço segue aberto a manifestações.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com