‘Cometa do Diabo’ ficará visível no Brasil neste domingota tudo ok - 1085173 regiaonoroeste.com - ‘Cometa do Diabo’ ficará visível no Brasil neste domingo
Domingo, 26 de Maio de 2024

‘Cometa do Diabo’ ficará visível no Brasil neste domingo

21/04/2024 as 12:27 | Brasil | DCM
O cometa 12P/Pons-Brooks, conhecido como Cometa do Diabo, estará visível no Hemisfério Sul a partir deste domingo (21), quando atinge seu ponto mais próximo do Sol. Até então, o astro era observável apenas em países do norte do globo terrestre. Com informações do Globo.

De acordo com o Observatório Nacional, o melhor horário para tentar ver o cometa é entre as 17h40 e 18h30. No entanto, encontrar um local com vista do horizonte oeste pode ser um desafio, já que o cometa está baixo no céu, a aproximadamente 15 graus de altura.

Moradores do Nordeste do Brasil já têm conseguido avistar o cometa desde o dia 7 de abril. O uso de binóculos ou telescópios é recomendado para uma melhor observação do astro.

“Os observadores deverão olhar para o horizonte oeste, na mesma direção do pôr do sol, para ver o cometa. O cometa está visível logo após o pôr do Sol, primeiramente abaixo da constelação de Touro, e a partir de maio, abaixo da constelação de Órion”, disse o astrônomo Filipe Monteiro.

Segundo Monteiro, dias de Lua cheia são piores para a observação. Isso porque o brilho do satélite dificulta a visualização da maior parte dos objetos astronômicos.

Os cometas são compostos principalmente por gases congelados, rochas e poeira. Ao se aproximarem do Sol, o calor emitido pela estrela faz com que o gelo se transforme em gás, formando a nuvem que dá ao astro sua cauda.

Ainda segundo o Observatório Nacional, o Cometa do Diabo é classificado como um cometa do tipo Halley, conhecidos pelo curto período que levam para completar uma órbita ao redor do Sol, variando de 20 a 200 anos. O 12P/Pons-Brooks leva aproximadamente 71,3 anos para realizar seu trajeto completo.

Descoberto em 1812, o cometa tem cerca de 29 quilômetros de diâmetro, três vezes maior que o Monte Everest. É apelidado de “vulcão frio” devido à sua característica de ejetar gelo e gás violentamente, formando uma cauda em formato de chifre, origem de seu apelido.

O 12P/Pons-Brooks se move em direção ao Sol a uma velocidade de cerca de 20 km por segundo, atraído pela força gravitacional da estrela. À medida que se aproxima, pode atingir uma velocidade de até 160 mil km/h.

No início de junho, a rocha espacial ficará mais próxima à Terra, cerca de 232 milhões de quilômetros. Após essa passagem, o cometa será lançado gravitacionalmente de volta ao sistema solar exterior e não retornará até 2095.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com