Quarta, 24 de Abril de 2024

Homem é preso por homotransfobia em restaurante da região

26/02/2024 as 14:00 | Guararapes | Da Redaçao
Um homem de 30 anos foi preso em flagrante por homotransfobia e desacato após se recusar a ser atendido por uma garçonete por ela ser lésbica, e xingar e ameaçar os policiais militares que atenderam a ocorrência.

O crime aconteceu na noite de sábado (24) em um restaurante na cidade de Guararapes (SP).

Recusa de atendimento e ofensas

Segundo a Polícia Militar, o homem chegou ao restaurante e se recusou a ser atendido pela garçonete, alegando que ela era lésbica. Ele então começou a xingar a profissional com palavras de baixo calão e a fazer ofensas homofóbicas.

Agressões verbais e ameaças

Os clientes do restaurante presenciaram a cena e acionaram a Polícia Militar. Quando os policiais chegaram ao local, o homem continuou com as ofensas, dessa vez direcionadas aos policiais. Ele também os ameaçou de morte.

Prisão em flagrante

Diante da situação, os policiais realizaram a prisão do homem em flagrante por homotransfobia e desacato. Ele foi levado à cadeia de Penápolis (SP).

Investigação

A Polícia Civil registrou um boletim de ocorrência e vai investigar o crime. A pena para o crime de homotransfobia pode chegar a cinco anos de prisão.

Repúdio à violência

A comunidade se mobilizou em repúdio à violência e discriminação sofridas pela garçonete. Diversas manifestações de apoio e solidariedade foram feitas nas redes sociais.

Agressões contra a comunidade LGBTQIA+

Agressões contra a comunidade LGBTQIA+ são frequentes no Brasil. Em 2022, foram registrados 3.945 casos de violência contra essa comunidade, segundo dados da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA).

Combate à homotransfobia

É importante denunciar qualquer tipo de violência ou discriminação contra a comunidade LGBTQIA+. As denúncias podem ser feitas através da Polícia Civil, do Disque 100 ou de outras entidades que atuam no combate à homotransfobia.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com