Segunda, 22 de Abril de 2024

Cid Moreira é acusado de estupro pelo filho adotivo

07/02/2024 as 08:52 | Brasil | DCM
Roger Moreira, filho adotivo do jornalista Cid Moreira, está acusando o pai de tê-lo estuprado quando era criança. Segundo detalhes da ação divulgados pelo portal Leo Dias, o crime teria ocorrido de outubro de 1990 a novembro de 2000, em uma residência localizada no bairro Itanhangá, no condomínio Green Wood Park, no Rio de Janeiro.

No processo, Roger afirmou que o abuso teria começado quando ele passou um final de semana na casa de Cid com sua tia, Ulhiana Naumtchyk, com quem o apresentador foi casado por 20 anos. Na ocasião, Cid teria paquerado o sobrinho e o convidado para morar com ele e trabalhar como seu secretário pessoal.

Segundo o processo, Cid teria praticado ato libidinoso com Roger com o objetivo de satisfazer a própria lascívia, repetidas vezes, com frequência de pelo menos quatro vezes por semana, ao longo de 10 anos.

A defesa de Roger disse que o jornalista adotou o sobrinho para disfarçar o caso. “De forma a encobrir a prática de abusos contra a vítima, propôs ação de adoção, de forma a apresentar socialmente uma explicação do porque estava sempre em companhia da vítima, especialmente em razão das desconfianças que estavam sendo levantadas”, afirmou a defesa no processo.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com