Casal de mdicos tem filho gerado pela me de um deles - regiaonoroeste.com
Terca, 27 de Fevereiro de 2024

Casal de mdicos tem filho gerado pela me de um deles

11/12/2023 as 10:00 | Brasil | G1
Nasceu na ltima quinta-feira (7) o pequeno Levi, filho dos mdicos Luan Victor Lima e Bruno Pinheiro, que foi gestado na barriga da me de Luan, Ngela Almeida, que tem 57 anos. Ngela foi a barriga solidria do casal, que pde realizar o sonho da paternidade.

"Sem palavras para esse momento. Levi mesmo prematuro nasceu sem nenhum problema e j estamos em casa. Felicidade pouco. S bnos", escreveu a av da criana. "Me, eu te amo mais que tudo nesse mundo!", respondeu Luan, filho de Ngela.

De acordo com a famlia, o pequeno Levi nasceu cerca de uma semana antes do previsto, mas j no dia seguinte ao nascimento, na sexta-feira (8), recebeu alta hospitalar e foi para casa.

Em casa, a famlia preparou uma recepo com tema de Harry Potter para acolher o mais novo membro. De acordo com o casal, o nome da criana, Levi, foi escolhido por Bruno e significa ligado, unido ou vinculado a alguma coisa ou algum.

"Levi veio para mostrar que o amor sempre vence", disse Luan ao g1.

Paternidade era sonho antigo do casal
Luan Victor e Bruno se conheceram no Hospital So Jos (HSJ), em Fortaleza, na poca da residncia mdica em infectologia, em 2019. Ngela sempre soube do desejo de Luan de ser pai e tambm sempre sonhou em ser av.

Com isso, ela realizou inmeros exames e reuniu diversos relatrios mdicos; entre eles, ginecologista, cardiologista, endocrinologista e psiquiatra, entre outros especialistas para apresentar ao filho, comprovando que ela poderia ser a barriga solidria e gerar o filho do casal.

Tomei um susto e achei que ela estivesse ficando louca. Passei semanas processando a ideia at concordar e decidir buscar a opinio de um mdico especialista em fertilizao, disse Luan.

Para a fertilizao in vitro, Luan e Bruno buscaram o vulo de uma doadora annima e usaram seus espermatozoides. O embrio foi gerado em laboratrio e, posteriormente, transferido para o tero de Ngela.

A notcia causou comoo entre amigos e familiares dos dois mdicos.

Foi algo incrvel ver que o nosso sonho e a nossa felicidade contagiou a todos, inclusive inspirando outras pessoas, relatou Luan.

Ngela tinha 56 anos quando comeou o processo de fertilizao para ser a barriga solidria do filho e do marido dele.

Ela j estava com 6 meses de gravidez quando a famlia viveu mais um momento emocionante: no ltimo dia 16 de setembro, Luan e Bruno casaram oficialmente.

Desde o casamento, os dois passaram a se dedicar exclusivamente preparao para receber Levi, providenciando o enxoval e preparando a casa.

A paternidade um grande sonho para ns, somos muito ligados famlia, e um filho ir deixar nossa ligao ainda mais forte, destacou Bruno.

O sonho de ser pai to grande que os dois no pretendem parar por a. Estamos na fila da adoo, mas sabemos que no algo rpido. O Levi ter irmos!, projetou Luan.

tero solidrio
A possibilidade de construir uma famlia sempre foi tema de conversa entre os mdicos desde o incio do relacionamento. H um ano e meio, a vontade cresceu ainda mais, e os dois deram incio ao processo de adoo de uma criana.

Participamos de todas as etapas, hoje estamos habilitados e na fila da adoo. Porm, sempre pensvamos na ideia da fertilizao, mas esbarrvamos na questo do tero solidrio, explicou Bruno.

No Brasil, as regras para Cesso Temporria de tero esto descritas na Resoluo de nmero 2168/2017 do Conselho Federal de Medicina (CFM).

Entre as normas previstas no documento, esto a de que a doao no poder ter carter lucrativo ou comercial por isso o nome popular de barriga solidria e a de que a cedente temporria do tero deve pertencer famlia de um dos parceiros em parentesco consanguneo at o quarto grau.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com