Lobo-guar flagrado correndo em avenida de Rio Preto - regiaonoroeste.com
Quarta, 31 de Maio de 2023

Lobo-guar flagrado correndo em avenida de Rio Preto

23/03/2023 as 16:04 | S. J. do Rio Preto | SBT Interior
Uma situao inusitada e curiosa foi registrada na avenida Potirendaba, em So Jos do Rio Preto, no interior de So Paulo. O motorista de um carro flagrou um lobo-guar correndo pela pista.

O vdeo publicado pela pgina Aqui Rio Preto mostra o animal cruzando a rua em alta velocidade, aparentando estar com medo do automvel.

Ao sbtinterior.com, o capito da Polcia Ambiental, Luiz Octvio Cavalheiro, analisou a situao.

Pelo nosso conhecimento e analisando o vdeo, com certeza o animal estava com medo. A gente entende que a pessoa que fez a filmagem no agiu na maldade, porque o fato inusitado. O logo-guar um animal lindo, alto, imponente, mas, pelo carro estar em velocidade baixa, acompanhando o animal, acaba deixando o lobo assustado, ele corre desengonado e atravessa na contramo da via. Um carro que vinha naquela direo poderia ter atropelado ele, explica.

Ainda de acordo com o capito da PM Ambiental, os animais silvestres esto aparecendo nas vias urbanas com frequncia por diversos motivos.

Alguns deles seriam porque h a proteo permanente das reas de preservao, isso um ponto positivo. Os condomnios esto prximos das matas que esto preservadas. Tem tambm rios e crregos que passam pela cidade, os animais buscam gua para beber. Outro fator o olfato. Os animais sentem o cheiro dos alimentos no lixo e procuram comida, mais fcil do que caar. No caso do lobo-guar, um animal que gosta muito de frutas, um alimento muito fcil de encontrar, diz.

O segundo fator, ainda de acordo com o capito, algo que sempre existiu.

a ocupao do ser humano no habitat do animal. Isso sempre existiu. O ser humano sempre degradou a natureza, mas hoje tambm temos diversas iniciativas de preservao e oferta de proteo a esses animais e a natureza, ressalta.

Cavalheiro orienta que a populao tenha cautela ao se deparar com animais silvestres na rua e no ambiente domstico.

O importante nunca acuar o animal, nunca deix-lo assustado. Dependendo do animal, ele ataca. Ento, agir naturalmente, respeitar o espao do bicho e acionar o policiamento, finaliza.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com