Segunda, 22 de Abril de 2024

Lance Reddick, ator de The Wire e John Wick, morre aos 60 anos

18/03/2023 as 10:20 | Mundo | G1
O ator americano Lance Reddick, conhecido pelos papéis do policial Cedrick Daniels na série "The Wire" e de Charon na franquia de filmes "Johh Wick", morreu aos 60 anos, informou nesta sexta-feira (17) o site TMZ.

De acordo com o site, o corpo do ator foi achado em sua casa, na Califórnia, na manhã desta sexta, por volta de 9h30 da manhã.

Um representante do ator confirmou a notícia ao site especializado Deadline disse que ele morreu de causas naturais, mas não deu mais informações. Até a última atualização desta reportagem, a causa da morte não havia sido confirmada.

Reddick deu entrevista em julho de 2022 ao g1 para falar sobre "Resident Evil: A série", da qual participou (leia aqui).

O artista nascido em Baltimore, nos EUA, também fez participações em séries como "Fringe," "Bosch," "Oz" e "Lost", além de filmes como "Invasão ao Serviço Secreto" e "Godzilla Vs. Kong". Ele estava divulgando nos últimos dias o quarto filme da franquia "John Wick", que estreia no dia 23 de março.

Reddick deixa trabalhos ainda não lançados, como a série "Percy Jackson and the Olympians".

Lance Reddick já tinha alguns anos de carreira na TV quando despontou em "The Wire", uma das séries consideradas responsáveis por aquela que foi chamada de "era de ouro da televisão".

Nos últimos anos, no entanto, havia encaixado uma série de trabalhos que o aproximou de outro tipo de narrativa.

Além de encarnar personagens centrais nas duas grandes franquias, participou do elenco de "Quantum Break", jogo do estilo de narrativa interativa, e dublou um dos personagens da animação baseada em "Castlevania".

Em "Resident Evil", ele teve a oportunidade de encarnar um dos vilões mais icônicos de uma das séries de terror mais icônicas, mas ainda apresenta diferentes versões do personagem.

"Eu pude ler os primeiros sete dos oito episódios antes de eu sequer começar a filmar. Então, eu já estava bem animado. Até a hora que eu cheguei aos momentos em que você pode ver tantos lados diferentes da minha personalidade. Ou tantas personalidades da mesma pessoa", ele disse ao g1.

"Se é que eu tinha alguma hesitação, naquele ponto eu sabia que queria fazer essa série."
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com