Sindicatos defendem repactuao de temas trabalhistas - regiaonoroeste.com
Sabado, 28 de Janeiro de 2023

Sindicatos defendem repactuao de temas trabalhistas

01/12/2022 as 16:46 | Brasil | Agncia Brasil
O presidente da Unio Geral de Trabalhadores (UGT), Ricardo Patah, disse hoje (1) que o movimento sindical quer a repactuao de alguns temas trabalhistas, mas no defende a revogao da reforma trabalhistas, nem a volta do imposto sindical, nos moldes em que era cobrado. Patah e representantes de 21 centrais sindicais reuniram-se em Braslia com o presidente eleito, Luiz Incio Lula da Silva.

Segundo Patah, questes como homologao de demisses, negociao coletiva, trabalho intermitente e acordo entre empresrios e trabalhadores sem participao dos sindicatos precisam ser revistas e debatidas pelo Congresso Nacional.

No Brasil, temos um reforma que no gerou emprego, como estava se prevendo, e que tem uma srie de inseguranas jurdicas ainda criadas. Queremos segurana jurdica, os empresrios tm que ter tranquilidade, queremos empresas fortes, que tenham lucro, mas que distribuam isso por PLR [Participao nos Lucros e Resultados] ou participao, e que gere empregos, afirmou.

Para o presidente da UGT, o Parlamento ser fundamental para construo da nova reforma sindical ou trabalhista adequada ao novo mundo [em] que vivemos, da quarta revoluo industrial, de plataformas digitais, de uma tecnologia elevada e do trabalho decente, disse, ao deixar a reunio.

De acordo com Patah, unanimidade e consenso entre os sindicalistas que no haja a volta do imposto sindical obrigatrio, mas preciso construir uma forma de custeio das entidades, alm das mensalidades pagas por trabalhadores sindicalizados. Para ele, isso pode ser decidido de forma livre em assembleias de trabalhadores a partir das conquistas dos sindicatos.

Ricardo Patah disse que o encontro foi organizado para que Lula escutasse as demandas do setor. um papel muito importante, escutar o mundo do trabalho, os sindicatos em suas categorias mais diversas, sobre quais as demandas necessrias para iniciar o governo j com polticas exitosas. Muitas delas sero construdas no Parlamento e tem algumas que podem, j no comeo do ano, ser anunciadas, como a poltica de distribuio de renda atravs do salrio mnimo.

Segundo Patah, o presidente eleito reafirmou o compromisso de campanha de recompor o poder de compra da populao, por meio do aumento real do salrio.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com