Estudo avalia impacto em bebs da infeco materna por zika - regiaonoroeste.com
Sabado, 28 de Janeiro de 2023

Estudo avalia impacto em bebs da infeco materna por zika

01/12/2022 as 10:28 | Brasil | Agncia Brasil
Uma colaborao nacional - formada por pesquisadores da Fundao Oswaldo Cruz (Fiocruz) e de outras 25 instituies do Brasil, com apoio da London School of Hygiene & Tropical Medicine - avaliou os impactos na sade dos bebs da infeco de gestantes por zika.

Publicado no The Lancet Regional Health - Americas no ltimo dia 28, o estudo revelou que aproximadamente um tero dos filhos de mes infectadas durante a gravidez apresentou, nos primeiros anos de vida, anormalidades consistentes com a Sndrome da Zika Congnita (SZC).

Segundo a Fiocruz, essa foi a pesquisa sobre o tema que contou a maior quantidade de participantes, conseguindo detectar com mais clareza a relao entre o vrus zika e possveis distrbios congnitos. A necessidade dessa avaliao surgiu aps uma epidemia de microcefalia no Brasil, em 2015, mas as amostras pequenas, a alta variabilidade entre as estimativas e a limitao dos dados de vigilncia limitavam a possibilidade de calcular os riscos.

As manifestaes da sndrome envolvem deficincias neurolgicas funcionais, anormalidades de neuroimagem, alteraes auditivas e visuais e microcefalia. Tais disfunes aparecem mais frequentemente de forma isolada do que em combinao, com menos de 0,1% das crianas expostas apresentando duas delas simultaneamente, disse a fundao.

Gestaes
Os resultados foram encontrados a partir da anlise combinada de dados de 13 estudos que investigam os resultados peditricos em gestaes afetadas pelo vrus zika durante a epidemia de 2015-2017 no Brasil. Esses dados abrangem todas as quatro regies do pas afetadas pela epidemia neste perodo, com infeco pr-natal confirmada em laboratrio por testes genticos e avaliao dos potenciais efeitos adversos em nvel individual.

Segundo o pesquisador Ricardo Arraes de Alencar Ximenes, da Universidade de Pernambuco e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), que liderou o estudo, esse trabalho d uma contribuio fundamental para a compreenso das consequncias para a sade da infeco pelo vrus zika durante a gravidez, pois rene dados individuais de crianas nascidas de 1.548 gestantes residentes em diferentes regies do pas que tiveram o diagnstico confirmado de infeco pelo vrus zika durante a gravidez, permitindo uma estimativa mais precisa dos riscos

Microcefalia
Em relao microcefalia, condio neurolgica em que a cabea do beb menor do que o esperado para sua idade e sexo, uma a cada 25 crianas nascidas de mes infectadas pelo vrus zika durante a gravidez apresentou a disfuno no nascimento ou durante o acompanhamento.

Segundo a Fiocruz, na maioria dos casos, a condio era detectvel prximo ao momento do nascimento, mas algumas crianas nascidas com permetro ceflico normal desenvolveram a microcefalia nos anos seguintes.

De acordo com a pesquisa, o risco de filhos de mes infectadas por zika na gestao apresentarem microcefalia foi de 2,6% no nascimento ou quando avaliados pela primeira vez, aumentando para 4% nos primeiros anos pr-escolares. Esse risco foi relativamente consistente nos diferentes locais de estudo, sem apresentar variao relativa s condies socioeconmicas ou rea geogrfica.

Conforme a Fiocruz, a realizao de estudos adicionais com tempo de acompanhamento mais longo apontada pela equipe de pesquisadores como o futuro do estudo publicado. Os possveis caminhos para investigao incluem a avaliao do risco de hospitalizao e morte para crianas com microcefalia medida que envelhecem e, naquelas sem microcefalia, averiguar os riscos de outras complicaes, como aquelas ligadas ao desenvolvimento comportamental ou neuropsicomotor.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com