Desmate na Amaznia cai 11% em um ano, mas alta em 4 anos de 59,5% - regiaonoroeste.com
Sabado, 28 de Janeiro de 2023

Desmate na Amaznia cai 11% em um ano, mas alta em 4 anos de 59,5%

01/12/2022 as 08:26 | Brasil | Estado
O desmatamento na Amaznia entre agosto de 2021 e julho deste ano chegou a 11.568 km, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), rgo ligado ao Ministrio da Cincia e Tecnologia. A queda de 11% em relao ao mesmo perodo do ano anterior.

Os quatro anos da gesto Jair Bolsonaro (PL), porm, tiveram alta de 59,5% na destruio, na comparao com os quatro anos anteriores, nas gestes Dilma Rousseff (PT) e Michel Temer (MDB), conforme clculo feito pelo Observatrio do Clima com base nos dados oficiais. Bolsonaro tem sido alvo de crticas no Brasil e no exterior por enfraquecer os rgos de fiscalizao e punio de crimes ambientais.

a maior alta porcentual num mandato presidencial desde o incio das medies por satlite, em 1988. Bolsonaro superou at mesmo a alta vista no primeiro governo FHC, quando o aquecimento da economia no incio do Plano Real causou o maior desmate da srie histrica, de 29 mil km, em 1995. A mdia anual sob Bolsonaro foi de 11.396 km, ante 7.145 km no perodo anterior (2015-2018).

Os Estados do Par, Amazonas, Mato Grosso e Rondnia correspondem a 87,89% do desmate estimado pelo Programa de Monitoramento da Floresta Amaznica Brasileira por Satlite (Prodes), do Inpe.

Os dados de 2022 revelam uma exploso do desmatamento no Amazonas, o nico a ter aumento no corte raso neste ano. Foram derrubados 2.607 km, incremento de 13% em relao a 2021. O Par, mesmo com a reduo de 21%, ainda lidera o ranking, com 4 141 km perdidos em 2022.

O Prodes considera como desmate a remoo completa da cobertura florestal primria por corte raso ou o estgio final de uma degradao progressiva da floresta em que h a perda completa do dossel, independentemente da futura utilizao destas reas. O Prodes responsvel pelos balanos oficiais de desmatamento.

Segundo Marcio Astrini, do Observatrio do Clima, "a nica boa notcia do governo atual o seu fim". Na Cpula do Clima realizada neste ms no Egito, a COP-27, o presidente eleito Luiz Incio Lula da Silva (PT) prometeu o desmatamento zero como uma das metas da nova gesto. A expectativa da comunidade internacional que o Brasil d uma guinada na poltica ambiental nos prximos anos.

A equipe tcnica do governo eleito trabalha com uma lista de prioridades na rea ambiental, na tentativa de estancar os efeitos de curto prazo de medidas tomadas pelo governo Bolsonaro Um ponto crucial desse trabalho, conforme apurou o Estado, adotar medidas para suspender as regras atuais de multas ambientais, que tm permitido a prescrio de milhares de infraes cometidas em todo o Pas.
MAIS LIDAS
� vedada a transcri��o de qualquer material parcial ou integral sem autoriza��o pr�via da dire��o
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugest�o de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com