Quinta, 18 de Julho de 2024

Dezembro Vermelho começa nesta quinta-feira

CADIP já realiza ações de orientações, prevenção e exames da AIDS
01/12/2022 as 07:00 | Fernandópolis | Da Redaçao
O dia 1º de dezembro é lembrado mundialmente pela luta contra a AIDS. A data constitui uma oportunidade para apoiar as pessoas envolvidas na luta contra o HIV e melhorar a compreensão do vírus como um problema de saúde pública global.

Em Fernandópolis, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do CADIP (Centro de Atendimento a Doenças Infectocontagiosas e Parasitárias), preparou uma programação especial para lembrar a data. As ações já tiveram início com atividades de orientação e testagem rápida na Universidade Brasil, FEF, em empresas da cidade e na praça central, que aconteceu no último dia 26 e novamente será realizada no próximo sábado, 03.

Além das atividades da semana, os testes rápidos para HIV estão disponíveis todos os dias, gratuitamente, em todas as unidades básicas de saúde e no CADIP, onde também são realizados testes rápidos para sífilis, hepatites B e C. As unidades também disponibilizam os preservativos (masculino ou feminino) para que seja feito uso em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais), prevenindo tanto o HIV quanto outras IST’s.

NÚMEROS NO MUNICÍPIO

Em 2.022 foram notificados em Fernandópolis 33 novos casos da doença, atualmente 409 pacientes encontram-se cadastrados para retirada de medicamentos antrirretrovirais no CADIP. De acordo com os últimos dados, o município registou um número expressivo de diagnósticos em jovens no decorrer deste ano.

SOBRE O DEZEMBRO VERMELHO

A campanha Dezembro Vermelho é um conjunto de ações que foi instituída pela Lei nº 13.504/2017 e marca uma grande mobilização nacional na luta contra o vírus HIV/AIDS (Vírus da Imunodeficiência Humana) e outras IST (infecções sexualmente transmissíveis), chamando a atenção para a prevenção, a assistência e a proteção dos direitos das pessoas vivendo com o HIV.

O HIV é um vírus que ataca o sistema imunológico do indivíduo, porém existe tratamento para controle da doença. Ele pode ser transmitido através de relações sexuais desprotegidas, pelo compartilhamento de seringas, agulhas e outros materiais contendo sangue contaminado, assim como da mãe portadora do vírus para o filho durante a gestação e amamentação quando não são tomadas as devidas medidas de prevenção.

Por isso a importância das medidas de prevenção e a realização dos testes para diagnóstico. Todas as pessoas diagnosticadas com HIV têm disponível o tratamento com os medicamentos antirretrovirais, medicamentos estes que estão evoluindo com o tempo e que hoje se apresenta em um menor número de comprimidos diários, assim como posologia única ao dia, com menores efeitos colaterais, colaborando para que os indivíduos vivendo com o HIV possam realizar seu tratamento com menos efeitos adversos e com qualidade de vida
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestões de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com