Terça, 24 de Maio de 2022

Reunião define índice de reajuste aos servidores de Fernandópolis

24/01/2022 as 07:01 | Fernandópolis | Da Redaçao
Uma reunião agendada para esta segunda-feira, dia 24, deve colocar fim no impasse entre Prefeitura e Câmara Municipal de Fernandópolis sobre o índice de reajuste nos salários dos servidores públicos municipais.

Este reunião era para ter acontecido na semana passada, mas devido à infecção causada pela covid-19 que afetou o prefeito André Pessuto e o secretário de Recursos Humanos, Luiz Aielo, impossibilitando um acordo.

A Câmara Municipal tentou na última quinta-feira, uma reunião virtual com o prefeito André Pessuto, mas o assunto acabou também fracassando, ficando mesmo agendado para esta segunda-feira, dia 24.

A administração pública propôs um reajuste de 10,2%, mais a inclusão de R$ 100 reais como abono no vale alimentação. A proposta foi rejeitada pelos vereadores que querem um reajuste de 12% e um vale de até R$ 200 reais.

O prefeito André Pessuto alega o índice de 12% estouraria o limite de gastos com o funcionário público que é de 54% do orçamento do município previsto para este ano.

Para o presidente da Câmara Municipal, Gustavo Pinato, a intenção dos vereadores e melhorar o índice já que no ano passado não houve nenhum aumento para os servidores por conta da pandemia.

A Câmara faz uma sessão extraordinária nesta terça-feira, dia 25, para votar esse e outros projetos. Como a folha de pagamento para o mês de fevereiro já estaria fechada. O reajuste, retroativo ao dia 1º de Janeiro, somente será percebido no pagamento que será realizado no mês de março.

A Prefeitura descarta a possibilidade de uma folha complementar.

O Sindicato dos Trabalhadores deve ficar de fora dessa reunião que acontece no gabinete do prefeito André Pessuto.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com