Sexta, 28 de Janeiro de 2022

Morre mulher que infartou ao saber que filho cometeu crime

30/11/2021 as 08:34 | Araçatuba | RP10
Morreu na tarde desta segunda-feira, aos 52 anos, Isabel Cristina Nunes. Ela era cardíaca e na manhã de 30 de agosto sofreu um infarto ao saber que seu filho, Lucas Nunes da Silva, que havia sido baleado durante o mega-assalto que aterrorizou Araçatuba, estava sendo apontado como suspeito de envolvimento com a quadrilha.

Isabel já tinha problemas cardíacos que acabaram se agravando nas últimas semanas. Ela estava internada na Santa Casa e com o agravamento de seu estado de saúde os rins já estavam paralisados, e ela acabou não resistindo.

Isabel era casada, deixa quatro filhos e um neto. A nora, Evelyn Nacimento, disse que ela era tudo na vida de Lucas e vice e versa, tanto que acabou infartando ao saber que o filho era considerado suspeito de integrar a que agiu em Araçatuba o maior assalto da história da cidade.

Recomeço
Lucas Nunes da Silva e Evelyn Nascimento recomeçaram uma nova vida depois dele se recuperar e receber alta, após ser baleado durante o mega-assalto. Eles tinham se separado há menos de uma semana quando Lucas foi baleado, e passado o susto, o casamento foi reatado.

Na época a notícia foi dada com exclusividade ao Regional Press por Evelyn, momentos antes do marido deixar a Santa Casa, onde ficou internado por mais de duas semanas e chegou a ser intubado duas vezes.

Evelyn contou que eles decidiram reatar o relacionamento, e quando Lucas ainda estava internado ela já havia relatado ao Regional Press que ficaria com ele e cuidaria dele para o resto da vida, independente do que viesse acontecer.

O casamento
Evelyn havia contado para o Regional Press que ambos são evangélicos. Menos de uma semana antes do assalto eles haviam discutido e Lucas foi para a casa da mãe, onde estava morando. A pedido dele a esposa já havia separado todas as roupas, porque ele iria buscar.

Na manhã seguinte ao assalto ela foi surpreendida por policiais em sua casa, porque o marido chegou a ser considerado suspeito, por estar na rota de fuga dos bandidos quando bateu de moto na traseira de um caminhão, após ser atingido a tiros. Ela disse que era o primeiro final de semana que estavam separados e Lucas tinha saído com amigos e voltava de uma casa de shows quando acabou entrando na rota dos bandidos.

Ele bateu com a moto na traseira de um caminhão na avenida Jorge Melen Rezek, acesso para Taveira, por onde parte do bando fugiu. Foi durante as diligências policiais, quando a mãe ficou sabendo, ela acabou infartando, havia se recuperado, mas como tinha saúde já debilitada, posteriormente acabou tendo recaída.
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com