Segunda, 29 de Novembro de 2021

Globo volta a ficar em 1º lugar no repasse de verbas do Governo

24/11/2021 as 16:35 | Brasil | RP10
Inimiga do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e dos bolsonaristas, a Rede Globo voltou a ocupar o primeiro lugar em repasse de verbas destinadas à publicidade do governo federal. Em 2021, a Globo recebeu R$ 54 milhões e esse valor pode ser ainda maior, visto que o ano ainda não terminou. As informações são da Veja.

Record e SBT, que em 2019 e 2020 ocuparam a primeira e a segunda colocações, voltaram a ficar em segundo e terceiro lugar na lista de maiores pagamentos, com R$ 48 milhões e R$ 42 milhões respectivamente.

As TVs religiosas também viram seus caixas diminuiram. Juntando as sete emissoras evangélicas e católicas que receberam verba do governo a partir de 2019, a quantia, que ficou estável entre 2019 e 2020 (de 3,8 milhões de reais para 3,2 milhões de reais), caiu neste ano para 1,1 milhão de reais – apesar de o ano ainda não ter acabado, é pouco provável que o valor destinado a elas fique próximo dos anos anteriores.

A mudança na distribuição de verbas para publicidade ocorre após o TCU (Tribunal de Contas da União) ter divulgado, em agosto do ano passado, dados de uma auditoria que apontou falta de critérios técnicos no rateio do dinheiro. Um dos critérios que devem ser utilizados para essa divisão, por exemplo, é o da audiência – a Globo tem mais que Record e SBT.

Concessão da Rede Globo
Essa semana Bolsonaro voltou a falar sobre a concessão da Rede Globo, que vence em outubro de 2022. Em conversa com apoiadores no no cercadinho do Palácio do Alvorada, na segunda-feira (22), o presidente disse que a emissora terá um “encontro com a verdade”. “A Globo tem encontro comigo ano que vem. Encontro com a verdade. Não vou perseguir ninguém. Tem que estar com as certidões negativas em dia, um montão de coisas aí”, disse aos apoiadores.

No Brasil, as emissoras de rádio e TV são concessões públicas, ou seja, passam pelo crivo do governo. O processo pode ser renovado ou cancelado pelo presidente. Além disso, o Congresso pode derrubar ou endossar a medida. Após as falas de Jair Bolsonaro nesta segunda-feira, a Rede Globo não o respondeu até o fechamento deste texto.

Globo bate recorde de faturamento
De julho a setembro de 2021, a Globo saiu de um prejuízo de R$ 114 milhões para lucro de R$ 142 milhões. A façanha deve-se ao sucesso da plataforma de streaming Globoplay. Segundo estimativas, a plataforma pode render sozinha R$ 1 bilhão até o final do ano. Houve também corte de gastos e despesas fixas, fusão de departamentos e operações, do reaquecimento do mercado publicitário e do sucesso do Globoplay.

Nesses três meses, a empresa conseguiu faturamento total de R$ 3,7 bilhões, 19% maior do que no mesmo período de 2020. Trata-se do melhor resultado para o trimestre nos últimos 4 anos. De janeiro a setembro, o Grupo Globo acumula receita de R$ 10,1 bilhões. A perspectiva é que até o final de dezembro supere o faturamento geral do ano passado, de R$ 12,5 bilhões, e possa superar o lucro de R$ 167,8 milhões em 2020, ano de colossais dificuldades por conta da pandemia de covid-19.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com