Segunda, 29 de Novembro de 2021

Mulher confessa homicídio na região e explica os motivos

24/11/2021 as 16:33 | Santo Antônio do Aracanguá | RP10
Gabrieli Carolini de Souza Silva, 22, que fugiu após assassinar a facadas Ivani Celestrino dos Santos, 34 anos, em uma praça em Santo Antônio do Aracanguá na madrugada de domingo, deu uma entrevista com exclusividade ao Regional Press e falou sobre o crime. Ela está em outra cidade, onde recebeu a equipe do RP 10 na companhia dos advogados Flávio Batistella e Maycon Mazziero.

Gabrieli começou a entrevista dizendo que já vinha sofrendo ameaças por parte de Ivani, a qual era sua vizinha, sendo que elas não tinham contato. Ela disse que “Um dia eu estava sentada em um bar com meu namorado. Ela chegou, bateu na minha mesa e disse que queria beber meu sangue. Acho que ela estava bêbada e o marido dela tirou ela de lá. Uma semana depois a filha dela me encontrou na rua e ficou me provocando”.

Ela contou também que o motivo da desavença entre elas começou porque quando terminou um relacionamento com o namorado, ele teve um caso com Ivani por seis meses. Mas depois acabou retomando o relacionamento, fato que segundo Gabrieli, Ivani nunca aceitou, e depois disso passou a ser ameaçada com frequência.

No dia do crime Gabrieli foi até a praça central de Aracanguá comprar o pastel para o filho. “Eu já estava com muito medo e estava andando com uma faca”. As duas acabaram se encontrando na porta do banheiro da praça e Gabrieli disse que foi novamente ameaçada, quando ela acabou desferindo um golpe na vítima.

Ao detalhar a cena do crime, Gabrieli disse que não tinha intenção de matar até porque também tem filho, e na sequência começou a chorar muito.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com