Quarta, 27 de Outubro de 2021

JP da Caixa cobra Justiça na Taxa de Lixo da Indústria e comércio

13/10/2021 as 18:37 | Fernandópolis | Da Redaçao
Uma das preocupações do vereador João Pedro da Caixa/PSDB, é que estamos terminando o ano de 2021 e nada foi resolvido pelo Executivo na questão da Taxa de Lixo dos empresários que hoje pagam uma enormidade de valores, visto terem em muitos casos áreas enormes de construção.

Como todos sabemos a taxa de lixo no nosso município é cobrada por metro quadrado de construção (R$1,61 por m2), e temos empresas com galpões de 1 mil até 3 mil metros quadrados de construção, pagando assim uma taxa de coleta de lixo exorbitante, sem gerar grandes quantidades de lixo para serem coletados pela empresa contratada, vez que estas já entregam diretamente seus lixos industrial e/ou comercial diretamente ao seu fornecedor, ou pagam a parte para outros recolherem seus lixos, já que estes são recicláveis, fazendo assim a logística reversa.

Entende João Pedro da Caixa que está cobrança é INJUSTA, já que a produção do lixo não é por metros quadrados nestes comércios e indístrias, quando muito estas tem os lixos do Escritório e quase nada a mais para serem coletados pelo município.

João Pero da Caixa alerta ainda que com a nova lei dos resíduos sólidos, que instituiu a Politica Municipal de Resíduos Sólidos, é nossa obrigação corrigir esta distorção, já que a coisa não está fácil para ninguém e o propósito maior de uma Câmara Legislativa é praticar a justiça tributária.

Entende ele que quando o empresário for apresentar seu Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos, conforme prevê a Lei Municipal 5.025/2020, instituída de acordo com a Lei Federal 12.305/10, deverá ser corrigida tal distorção.

Finaliza João Pedro da Caixa que agora é hora de pensarmos em quem gera emprego, renda e não tem quase nada de incentivos municipais para permanecerem trazendo o progresso para nosso município.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com