Quarta, 27 de Outubro de 2021

Talibãs amarram adolescentes a poste por terem roubado pão

27/09/2021 as 16:54 | Mundo | Extra
Milicianos do Talibã amarraram dois adolescentes afegãos famintos a um poste de madeira como punição depois que eles foram acusados ​​de roubar pão para eles e para as suas famílias.

Uma imagem mostra os dois jovens bem magros amarrados a um poste, mas não está claro quando e onde ela foi tiradas.

A imagem foi compartilhada por Dawod Zai, que dirige a instituição de caridade afegã Bin Dawod Foundation.

"Ladrões de pão! O Talibã prendeu dois adolescentes por roubar pão de uma padaria", postou ele, segundo o "Sun". "Um deles disse a um jornalista local: A minha família não comeu nos últimos 3 dias, lamento ter comido aquele pão sem autorização, mas tive que fazê-lo. Não há trabalho e sem comida, o que eu teria feito?", acrescentou.

Dawod também postou outras imagens, do caso de um adolescente afegão sendo punido. Ele foi chicoteado por um homem mais velho. Ao ser açoitado, o jovem ouve de um outro homem, cercado por milicianos armados, um decreto punitivo escrito em uma folha.

O Programa Mundial de Alimentos estima que 93% dos afegãos não estejam recebendo comida suficiente. Milhões de pessoas vivem abaixo da linha de pobreza, e o quadro se agravou com a volta do Talibã ao poder, já que muitas empresas foram fechadas.

O regime implacável da milícia fundamentalista voltou a dotar leis ao estilo "medieval" depois que voltou ao poder no Afeganistão após a retirada das forças dos EUA. Em algumas regiões do país, executados estão sendo pendurados em postes e até em guindastes, e punições como a amputação de mãos por roubo voltaram a valer. Além disso, os jihadistas passaram a circular um decreto em que proíbem o corte de barba. Mulheres também perderam os direitos conquistados durante a ocpupação, apesar da promessa do Talibã de "se adequar".
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com