Domingo, 26 de Setembro de 2021

Manifestantes protestam contra Bolsonaro e vereador em Rio Preto

25/07/2021 as 09:49 | S. J. do Rio Preto | DL News
Protesto contra o presidente Jair Bolsonaro reuniu cerca de 200 pessoas na tarde deste sábado, em Rio Preto. A concentração aconteceu em frente à Prefeitura e ao lado da Câmara Municipal, em trecho da avenida Alberto Andaló. Os manifestantes também criticaram o vereador Anderson Branco, que nesta semana fez postagens consideradas homofóbicas nas redes sociais.

As manifestações contaram com representantes de coletivos femininos, da comunidade LGBTQIA+, partidos como Psol, PT, PDT e PCB, entre outros. Além de protestar pedindo impeachment de Bolsonaro, os manifestantes pediram o fim da reforma trabalhista e revisão da reforma previdenciária.

Candidato derrotado nas eleições para vereador, o músico Abner Tofanelli discursou dizendo que recebeu mais votos que Anderson Branco, e só não está na Câmara devido às regras de representatividade partidária. "Tive mais voto que esse cara", afirmou, ouvindo apoio de outros presentes aos gritos de "ele (Branco) não nos representa".

Durante os protestos, manifestantes relataram que foram atingidos por ovos que teriam sido jogados do alto de um dos prédios da avenida Alberto Andaló. Depois, trio elétrico seguiu rumo à Represa Municipal.

Protestos Brasil afora

Manifestantes foram às ruas neste sábado (24) em diversas cidades do país para protestar contra o governo federal. Pessoas ligadas a partidos de oposição, movimentos sociais e centrais sindicais saíram em passeata pedindo a saída do presidente Jair Bolsonaro, mais vacinas contra a covid-19 e o fim da corrupção.

Rio de Janeiro
Pela manhã, na capital fluminense, manifestantes se reuniram em frente ao monumento de Zumbi dos Palmares, no centro da cidade. Eles ocuparam parte da Avenida Presidente Vargas e, depois, seguiram por outras vias do centro da cidade.

Salvador
Na capital baiana, também pela manhã, os participantes se reuniram na Praça do Campo Grande e, em seguida, saíram no sentido da Praça Principal. Eles gritavam palavras de ordem e exibiam faixas e cartazes.

Minas Gerais
Em Belo Horizonte, os manifestantes se reuniram na Praça da Liberdade, onde exibiram um boneco inflável gigante que fazia alusão ao presidente. Eles fizeram críticas ao uso do medicamento cloroquina no tratamento da doença.

Brasília
Na capital federal, a concentração acontece em frente ao Museu da República. De lá, os manifestantes seguram pela Esplanada dos Ministérios até o Congresso Nacional. As vias de acesso foram interditadas para veículos em ambos os sentidos.

MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com