Quarta, 12 de Maio de 2021

MP denuncia médium que estuprou enteada por mais de 20 anos

04/05/2021 as 10:48 | Catanduva | SBT Interior
O Ministério Público denunciou o médium Paulo Roberto Roveroni, conhecido como Paulinho de Deus, dirigente da Associação Espírita Paulo de Tarso, de Catanduva (SP), por suspeita de estuprar a enteada por mais de 20 anos. Ele está preso desde março deste ano, no Centro de Detenção Provisória de Serra Azul (SP), após ter a prisão preventiva decretada. Hoje, a enteada do médium tem 24 anos.

De acordo com relato da vítima, o homem ficava pelado e fazia ela tocar no pênis dele. Durante o passar dos anos, os abusos foram ficando piores.

Paulo também é investigado por ter cometido mais outros dois abusos contra uma jovem que frequentava a associação e a própria filha do médium. Na época da prisão, a defesa dele informou que as acusações eram infundadas.

A reportagem do SBT Interior entrou novamente em contato com o advogado de defesa do médium por meio da Associação Espírita Paulo de Tarso, mas ainda não recebeu retorno.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com