Sexta, 26 de Fevereiro de 2021

Carreata com buzinaço pede Fora Bolsonaro pelas ruas de Rio Preto

23/01/2021 as 19:11 | S. J. do Rio Preto | DL News
Uma carreata que começou com cerca de 140 veículos e chegou ao final com ao menos 200, puxada por trio elétrico, percorreu as ruas de Rio Preto nesta manha de sábado (23), pedindo impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), vacina contra a Covid para toda a população e suspensão da volta às aulas presenciais.

A atividade contou com a organização de partidos políticos de esquerda, como Psol, PT e PSTU, PC do B e PCB. E também por entidades sindicais, como a Atem e Sintunesp, e movimentos sociais, como os coletivos feministas Elas Por Elas, Lugar de Mulher É Onde Ela Quiser, o Juntas!, o Ana Montenegro, o Mulheres Em Luta, o Movimento Negro Minervino de Oliveira, o Comitê Lula Livre de Rio Preto, a Umes, e o UJS e JPT Rio Preto, mais o Conlutas e o Sinpro, entre outros.

As bandeiras e faixas dos manifestantes foram as mais variadas. Um grupo vestia camisetas com a cara do ex-presidente Lula estampada. Outro carregava bandeiras amarelas com frases em defesa à vida. Professores encampavam o pleito de adiamento da volta às aulas. Os carros carregavam balões coloridos. Além do buzinaço, o carro de som executava o hino nacional e também frases negacionistas e antivacina proferidas em discursos, lives e entrevistas do presidente Bolsonaro.

Além de marcar posição contra o presidente, os organizadores dizem que querem também dar um recado aos vereadores e à prefeitura sobre a resistência da volta às aulas.

A carreata saiu do Centro Regional de Eventos, onde se concentrou, com trajeto previsto para ruas e avenidas de vários bairros e regiões de Rio Preto.

O médico e professor da Famerp Cacau Lopes, presente ao ato, disse que ficou surpreso e animado com a adesão. "Se você considerar que tínhamos 200 carros com pelo menos duas pessoas dentro, já são 400. Achei muito bom o que vi nesta manhã", afirmou ele.

"A manifestação em defesa da vida e da democracia realizada no País inteiro e também em nossa cidade é a demonstração de que a esmagadora maioria da população não compactua com o governo criminoso e genocida de Jair Bolsonaro", afirmou o vereador João Paulo Rillo (Psol).

O ato dos partidos de esquerda acontece um dia antes de mobilização nacional que o MBL está convocando em todas as capitais brasileiras para este domingo, também pedindo o impeachment de Bolsonaro. Vale lembrar que o MBL, assim como o Movimento Vem Pra Rua, que também puxa os atos de domingo, foram cruciais na mobilização pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). Em Rio Preto, não haverá atos.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com