Domingo, 24 de Janeiro de 2021

MP pede que homem que abandonou gatos seja voluntário em projeto

13/01/2021 as 12:08 | S. J. do Rio Preto | SBT Interior
O Ministério Público solicitou à Justiça que o comerciante de 50 anos, detido depois de ser flagrado abandonando gatos na região do antigo IPA (Instituto Penal Agrícola) de São José do Rio Preto (SP), seja voluntário de projetos de proteção a animais.

O flagrante foi em novembro do ano passado por câmeras da Guarda Municipal. O comerciante estaciona o veículo na entrada da estação ecológica, abre uma gaiola com oito gatos e deixa o local.

Ele ainda atropela e mata um dos animais ao sair com o automóvel. O morador de Neves Paulista foi detido pelos agentes da GCM e chegou a ficar encarcerado na Deic (Departamento Estadual de Investigações Criminais).

De acordo com a prefeitura, ele disse que decidiu abandonar os bichos porque não tinha condições de criá-los. O Ministério Público pede à Justiça que o comerciante preste serviços voluntários em projetos de proteção a animais de Rio Preto por 24 meses.

Se o homem não aceitar o acordo, ele poderá ser processado pelo órgão, podendo pegar pena de, no mínimo, dois anos de prisão.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com