Sábado, 28 de Novembro de 2020

Personalidades repercutem nas redes sociais morte de homem negro

21/11/2020 as 10:24 | Brasil | G1
Personalidades usaram as redes sociais para repercutir e lamentar a morte de um homem negro após ser espancado por dois homens brancos em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, na noite desta quinta-feira (19), véspera do Dia da Consciência Negra (nesta sexta, 20). João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi agredido em uma unidade do supermercado Carrefour.

Nas redes sociais, famosos e anônimos usaram as hashtags "vidas pretas importam", "vidas negras importam", "black lives matter", além do nome de João Alberto. Às 11h desta sexta-feira (21), ao menos oito entre os tópicos mais comentados no Twitter tinham relação com o caso e com o Dia da Consciência Negra.

Camila Pitanga, atriz

"O nome de hoje é João Alberto Silveira Freitas. Homem negro, morto a socos, por dois seguranças brancos, numa unidade do Carrefour em Porto Alegre. Mais um homem negro morto. Mais uma família que perde um dos seus por conta da cor da pele. O negro sai para ir ao supermercado e não volta. É uma batalha eterna do nosso corpo contra o mundo. Um mundo que não nos quer, que não nos gosta, que não entende que ali é uma pessoa. Não entendeu e segue não entendendo. Um mundo que sequestrou pessoas, as colocou em navios e escravizou sua identidade, sua liberdade, sua independência, seu corpo, sua vida. Nossas vidas seguem marcadas pelo chicote do branco. Não sara. Não tem como sarar enquanto pessoas pretas continuem valendo tão pouco a ponto de serem mortas a socos na porta do supermercado. Tão fácil como comprar uma garrafa de água. O racismo não acaba se pararmos de falar nele. O racismo acaba quando pessoas brancas pararem de cometê-lo. Porque o racismo não é só uma ideia, não são apenas palavras. O racismo é a base de uma sociedade que nasceu e se manteve na exploração do povo preto."

Thiaguinho, cantor

"Parem de nos matar! Parem de matar nossos pais, mães, filhos e irmãos... Pelo amor de Deus!!!! Eu não aguento mais tomar porrada até morrer... Pqp, Mano! Que dor... E nós, pretos, não vamos mais aceitar isso e nós calar... Inclusive, temos que fazer mais... Não dá mais pra suportar isso. Eu não me sinto menos importante que ninguém nesse país... Pelo contrário... Então... vamos agir!

Teresa Cristina, cantora

"Como acordar num país e falar do dia da Consciência Negra sabendo que mais um negro foi espancado até a morte em um supermercado? Assassinos!!!"

Lulu Santos, cantor

"Hoje na verdade é o dia da consciência pesada #Reparação"

Luciano Huck, apresentador

"No Dia da Consciência Negra, mais um negro é espancado até a morte. Uma barbaridade. Revoltante. O Brasil passa por uma encruzilhada civilizatória, com gente assoprando a brasa da guerra cultural em vez de defender os valores da cidadania. Tomar consciência é agir pela paz e união."

Buchecha, cantor

"A pergunta é ATÉ QUANDO? Meus sentimentos aos familiares"
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com