Sábado, 28 de Novembro de 2020

Homem atira contra ex e se mata em estacionamento de shopping

31/10/2020 as 11:26 | Estado de São Paulo | Folhapress
Um empresário de 28 anos é suspeito de atirar contra a ex-mulher, de 30, e em seguida se matar com um tiro na cabeça, dentro do carro em que estavam no estacionamento de um shopping center em Mauá (ABC), por volta das 19h30 desta quinta-feira (29).

A mulher permanecia internada até a publicação desta reportagem. Ela prestou depoimento à polícia, mesmo estando sob cuidados médicos.
Segundo registrado pelo 1º DP de Mauá, a vítima afirmou que vivia uma crise conjugal com o empresário e que há cerca de duas semanas ele foi morar com parentes em São José dos Campos (97 km de SP).

Na manhã desta quinta, ele foi até São Bernardo do Campo (ABC), onde se encontrou com a ex-mulher, "para conversar".

"A mulher, após conversar com o empresário, aceitou ir à praia, assim poderiam tentar se entender. Contudo, durante o trajeto, após uma discussão, a vítima desistiu e pediu para voltar para casa", diz trecho do boletim de ocorrência.

Durante o retorno, o casal combinou de se aconselhar com um pastor evangélico, de uma igreja frequentada por ambos, no estacionamento do Mauá Plaza Shopping. Câmeras de monitoramento mostram o religioso, perto da porta do motorista, conversando com o casal, que está dentro de um carro de cor escura, ao lado de um VW Gol branco. De repente, o pastor sai correndo, assustado com os tiros supostamente dados pelo empresário.

Antes dos disparos, o empresário repetia, ainda segundo relatado pela vítima à polícia, "que a vida dele havia acabado", atribuindo isso à recente separação, além do fato de a empresa dele passar por dificuldades. Não foi informado com qual segmento o suspeito trabalhava.

"Ao perceber que nada mudaria o que o marido estava pensando, a vítima disse que iria embora. Quando ela se virou para sair do veículo, foi atingida por um disparo de arma de fogo na região da nuca. Logo em seguida o empresário disparou contra a própria cabeça", diz outro trecho do boletim de ocorrência.

O casal foi levado ao hospital Nardini, onde o empresário morreu e a mulher permanece internada. O estado de saúde dela não foi informado.

O caso foi registrado como tentativa de feminicídio (quando a vítima é morta por ser mulher), suicídio consumado e violência doméstica.
Shopping Em nota, o Mauá Plaza shopping lamentou o caso, esclarecendo ter tomado "todas as medidas cabíveis e pertinentes", se colocando à disposição da polícia para colaborar com as investigações.

"O empreendimento esclarece que as equipes de bombeiros socorristas e de segurança atuaram com prontidão no atendimento aos envolvidos, assim como as autoridades competentes foram acionadas imediatamente", diz trecho de nota.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com