Quinta, 03 de Dezembro de 2020

TJ suspende decisão de juiz e PM prende trio que estava fugindo

27/10/2020 as 20:25 | Guararapes | SBT Interior
O TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) suspendeu a decisão do juiz Marcílio Moreira de​​ Castro, que determinou a soltura de um homem e duas mulheres que estavam transportando mais de 130 quilos de maconha com duas crianças, uma ​de três​ meses de vida e a outra de ​um​ ano e ​dez​ meses.

A ​ocorrência aconteceu no último sábado (24), em um posto de combustíveis, na rodovia Marechal Rondon, em Guararapes, região de Araçatuba (SP).

Na decisão, o juiz Castro entendeu que o trio sofreu “constrangimento ilegal” por serem abordados sem indícios de crime.

Ainda segundo o juiz, em depoimento, os policiais alegaram que desconfiaram do nervosismo do trio, mas para o magistrado, eles “não esclareceram em que consistia o suposto grau de nervosismo” o que não seriua o suficiente para realizar uma vistoria no veículo.

RECURSO

A liminar do TJ-SP atende recurso do Ministério Público feito pelo promotor de Justiça Cláudio Rogério Ferreira.

Com a decisão, o trio teve a prisão preventiva decretada. Eles declararam domicílio em Porto Velho (RO) e Dourados (MS).

De acordo com a decisão, não cabia ao juiz que concedeu liberdade ao trio fazer análise mais profunda, ou questionar o ‘grau de nervosismo’ dos ocupados.

Ainda na decisão, consta que é natural os policiais fornecerem apenas os dados mais relevantes sem descrição de detalhes.

“Extrai-se do boletim de ocorrência que os ocupantes do veículo demonstraram “certo nervosismo” diante da aproximação da viatura, quadro que motivou a abordagem e entrevista “reservada” com cada um dos averiguados, os quais teriam apresentado versões conflitantes sobre o destino do grupo, a justificar a revista pessoal e busca veicular”, conta na decisão.

IRIAM FUGIR

Policiais militares de Guararpes (SP), receberam uma denuncia de que o trio estava na cidade e passaram a realizar buscar para tentar encontrar os acusados.

Os agentes conseguiram encontrar o homem e as duas mulheres, juntamente com as duas crianças, no terminal rodoviário da cidade, onde embarcariam em um ônibus para Araçatuba (SP) e em seguida fugiriam para Porto Velho (RO).

O Conselho Tutelar do município foi acionado para acompanhar as crianças. O trio foi conduzidos à delegacia de polícia, permanecendo presos à disposição da Justiça.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com