Quinta, 03 de Dezembro de 2020

Saúde confirma morte de macaco por febre amarela em Rio Preto

20/10/2020 as 21:33 | S. J. do Rio Preto | SBT Interior
A Secretaria de Saúde de Rio Preto confirmou, nesta terça-feira (20), que um macaco morreu na cidade por febre amarela, doença que pode ser transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

O animal foi encontrado na área de abrangência da UBSF Caic/Cristo Rei.​

De acordo com a secretaria, após a confirmação da morte pela doença, foi feito um bloqueio de criadouro e nebulização pela Vigilância Ambiental na região.

"A ação também será realizada no Jardim Americano e a nebulização será estendida até o corredor formado pelo Córrego dos Macacos, que abrange as áreas do Caic e Vila Toninho", disse a pasta.

A vacinação é a forma mais eficiente de proteção contra a doença. Veja quem deve se vacinar:

- Crianças devem receber a primeira dose aos 9 meses e reforço aos 4 anos.

- Pessoas maiores de 5 anos que receberam apenas uma dose da vacina aplicada antes dos 5 anos de idade precisam receber um reforço.

- Pessoas que receberam uma dose após os 5 anos de idade estão protegidas e não precisam de reforço.

- Pessoas não vacinadas devem receber uma dose da vacina (idade mínima 9 meses).

​A secretaria reforçou que as pessoas não vacinadas de acordo com os critérios acima precisam procurar uma sala de vacina para atualizar a carteira vacinal. Em Rio Preto, a cobertura da vacina contra febre amarela em crianças menores de 1 ano está em 89%, sendo que a meta é atingir cobertura na rotina de 100%.

O município não registra casos de febre amarela em humanos desde 2000.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com