Quarta, 28 de Outubro de 2020

Justiça determina que Flordelis use tornozeleira eletrônica

19/09/2020 as 10:52 | Brasil | SBT Interior
O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) ordenou, nesta sexta-feira (18), que a deputada federal Flordelis (PSD-RJ) seja monitorada por tornozeleira eletrônica e fique em casa entre às 23h até 6h.

Flordelis e os filhos são réus do processo sobre a morte do pastor Anderson do Carmo, marido da política, assassinado em junho de 2019. Ela é acusada de ser a mandante do crime.

A decisão de prisão domiciliar foi feita pelo juiz Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3° Vara Criminal de Niterói, que teve como justificativa o "quadro de incerteza acerca do paradeiro da ré Flordelis", afirmou.

Nearis ainda citou o relato de uma testemunha, Regiane Rabello, que se sentiu ameaçada pela política e um de seus filhos após ter uma bomba lançada na sua casa. Segundo Regiane, não há dúvidas de que o "atentado" em questão foi orquestrado pela deputada.

No inquérito, é confirmado que Flordelis irá responder por cinco crimes, como homicídio triplamente qualificado, associação criminosa, uso de documento falso e falsidade ideológica. Pelo envenamento, ela vai responder por tentativa de homicídio.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com