Sábado, 19 de Setembro de 2020

Fux encerra 1ª sessão como presidente do STF por falta de quorum

16/09/2020 as 19:54 | Brasil | Poder 360
A 1ª sessão do ministro Luiz Fux como presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) foi suspensa nesta 4ª feira (16.set.2020) por falta de quorum.

Celso de Mello não participou porque está de licença médica. Os ministros Luís Roberto Barroso e Dias Toffoli declararam-se impedidos de participar, pois já atuaram como parte no processo em questão. A ministra Cármen Lúcia não compareceu. O motivo não foi especificado pela assessoria do Supremo.

O novo presidente do Supremo estreou no cargo doente. Com covid-19, optou por comandar a sessão assim mesmo, mas por videoconferência. Caso Fux não estivesse em condições de presidir a sessão, caberia à ministra Rosa Weber fazê-lo.

O diagnóstico de Fux foi seguido pelo de algumas outras autoridades que estiveram presentes na cerimônia de sua posse como presidente do STF. Toda a linha sucessória do Poder Judiciário esteve presente no evento. A posse também reuniu parentes de Fux, servidores e terceirizados do Supremo. Jornalistas e outros profissionais da mídia foram alocados na área externa do prédio.

Até a publicação desta reportagem, esta era a lista de pessoas presentes no evento que tiveram o diagnóstico de covid-19 confirmado:

Rodrigo Maia, presidente da Câmara;
Luis Felipe Salomão, ministro do STJ (Superior Tribunal de Justiça);
Antonio Saldanha Pinheiro, ministro do STJ;
Cristina Peduzzi, presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho).
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com