Terça, 07 de Julho de 2020

Dispara ocupação de leitos de UTI com pacientes em Rio Preto

30/06/2020 as 09:35 | S. J. do Rio Preto | DL News
Graves 1
O Hospital de Base de Rio Preto atingiu nesta segunda-feira (29) a marca de 51,28% de ocupação de seus 117 leitos de UTI disponibilizados para pacientes Covid-19 (suspeitos e confirmados), num total de 60 internações no setor.

Graves 2
Para se ter ideia, na segunda-feira da semana passada (dia 22), esse percentual era de 35,4%, com 41 doentes em unidades de terapia intensiva. Os dados do HB refletem uma aceleração regional no volume de casos com quadros mais graves da doença, uma vez que a instituição atende 107 municípios, incluindo Rio Preto.

Graves 3
Na Santa Casa de Rio Preto, que atende principalmente pacientes SUS de Rio Preto e entorno, desde segunda-feira da semana passada (22) o sinal de alerta foi disparado, quando a ocupação nos leitos de UTI bateu em 75%. Nesta segunda, o comprometimento da capacidade caiu, mas segue preocupante, com 66% de vagas ocupadas, totalizando 67 internados.

Enfermarias
Ainda Santa Casa, a ocupação das enfermarias também chama a atenção, tendo chegado a 90% na segunda passada e cravado 80% nesta segunda. Já, no HB, dado o grande número de leitos disponíveis, a situação é menos dramática nas enfermarias, com apenas 24,64% de comprometimento.

Mais
Além do volume maior de infectados, o que as autoridades de saúde temem é proporção maior também de pacientes que estão precisando de tratamento intensivo. De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Saúde nesta segunda-feira, Rio Preto chegou a 2.601 casos positivos e 78 óbitos, sete em dois dias.

Cautela...
O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), que vem assumindo o desgaste de medidas indigestas no combate à Covid-19, percebeu que multar comerciantes e cidadãos por falta de máscaras já é demais para quem tem encontro marcado com as urnas muito em breve.

Decisão de Dória
O governador João Doria (PSDB) anunciou nesta segunda-feira (29) que pessoas e estabelecimentos comerciais que não cumprirem a obrigatoriedade do uso de máscaras serão multados. Quem for flagrado sem o acessório em local público terá de pagar R$ 500. Já os comerciantes vão ser penalizados em R$ 5 mil para cada cliente rebelde. A fiscalização e efetivação caberão aos municípios e os valores arrecadados serão revertidos em cestas básicas, segundo o tucano.

Só conversinha...
Questionada pelo DL News, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Rio Preto afirmou que, na cidade, o modelo segue o mesmo: as pessoas abordadas sem máscaras serão apenas "orientadas”, sem multas ou qualquer outra penalidade.

Trava tudo
O primeiro dia útil de mini-lockdown deixou representantes de alguns setores de Rio Preto confusos, achando que poderiam atuar no modelo anterior a 1º de julho. Ou seja, no esquema drive-thru (no caso de lojas) ou com serviços internos (no caso de escritório). O mal-entendido foi desfeito pela gerente da Vigilância Sanitária, Miriam Wowk. "As empresas não podem abrir as portas nem realizar serviços internos”, afirmou.

Só os essenciais
Nos dias de lockdown (domingo, segunda e terça), somente os chamados serviços essenciais podem funcionar normalmente, que são supermercados, mercearias, drogarias, postos de combustíveis, óticas, materiais de construção e distribuidoras de gás.

Nesse caso, é multa
Neste caso, a fiscalização sobre o cumprimento das normas de funcionamento em tempos de Covid-19, a cargo da Vigilância Sanitária, está fazendo valer os decretos estaduais e municipais. Até o momento, 318 estabelecimentos comerciais foram autuados, dos quais cinco receberam advertência e quatro foram multados: um restaurante, um supermercado, uma lanchonete e um banco.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com