Sábado, 04 de Julho de 2020

Recurso de multas será destinado para a compra de cestas básicas

29/06/2020 as 22:00 | Estado de São Paulo | Da Redaçao
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), informou nesta segunda-feira (29) que o Estado vai aplicar multas aos cidadãos que estiverem em locais públicos sem máscaras e aos estabelecimentos comerciais onde essas pessoas estiverem.

De acordo com Doria, as pessoas que utilizarem máscaras em ambientes públicos poderão ser multadas em R$ 500. Já os estabelecimentos comerciais estão sujeitos a multa de R$ 5 mil por vez e por cidadão que estiver sem o equipamento de proteção.

Doria destacou que o objetivo é intensificar o uso de equipamentos de proteção contra a covid-19, causada pelo novo coronavírus.

Segundo Doria, o valor arrecadado será revertido para o programa Alimento Solidário, que distribui cestas básicas a famílias em estado de pobreza e extrema pobreza.

"O objetivo não é punir, mas educar e alertar as pessoas", disse o governador durante entrevista coletiva no Palácio dos Bandeirantes.

De acordo com o governador, o índice do uso de máscaras no Estado é de 93% e na capital de 97%.

O estado paulista é o que mais tem casos e mortes pela doença no Brasil.

O governo também informou que vai retomar a campanha para orientar a população sobre o uso da máscara protetora. Foi criado um número para receber denúncias, que é o 0800-771 3541. Para Doria, a necessidade do uso da máscara será prolongada até a chegada da vacina contra a covid-19, possivelmente em 2021.

O Estado de SP tem mais de 270 mil casos da doença e mais de 14 mil mortes. (Com informações da Agência Estado)
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com