Terça, 07 de Julho de 2020

Prefeito João Dado acaba com ação solidária em Votuporanga

29/05/2020 as 19:44 | Votuporanga | A Cidade
Uma notificação extrajudicial da Prefeitura de Votuporanga enviada aos organizadores da “Votu Solidária”, provocou o fim da campanha que já destinou mais de 60 toneladas de alimentos a entidades e famílias afetadas pela crise provocada pelo coronavírus. No documento, assinado pelo prefeito João Dado, o Executivo ameaça representar criminalmente os voluntários, caso a ordem não seja acatada.

Após pedir demissão da Prefeitura por conta disso, o médico Luciano Melo, um dos organizadores da ação solidária, concedeu entrevista exclusiva à rádio Cidade FM. Segundo ele, ninguém o procurou para conversar sobre o assunto e ele foi surpreendido em seu consultório por agentes do de posturas do município já com a notificação extrajudicial.

No documento, o prefeito determina que não haja a visita de colaboradores ou qualquer pessoa em residências que não sejam da Secretaria da Saúde do Município, para qualquer que seja a finalidade, sob pena de infração ao disposto nos artigos 268 e 330 do Código Penal.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com