01/10/2014 | Tempo: Min: C / Max: C
Política
 
Assessora é demitida e tem convite de revista masculina
19/07/2012 - as 13:00:00
Por motivos óbvios o RN não divulgará o video
Brasília - A advogada Denise Leitão Rocha, também conhecida como Furacão da CPI, assessora do senador Ciro Nogueira (PP-PI), perderá o cargo comissionado que tem no Senado Federal desde 2011 depois que um vídeo de Denise Rocha dela fazendo sexo caiu na rede e correu os celulares do Congresso Nacional.

Mas segundo outros assessores de Nogueira ela não está sendo mandada embora por justa causa:

“Não é uma demissão por justa causa, até porque não existe isso em cargos comissionados. Ela era uma excelente funcionária. Ela está sendo desligada não por causa do vídeo. Mas pelo constrangimento que está sendo criado para o senador. Não havia como ela continuar nesse trabalho.”

Ela vai perder um salário de cerca de 4 mil reais, que é o que ganha um assessor parlamentar de nível 3.

A revista Playboy já está atrás da Furacão da CPI. Em breve teremos fotos de um ensaio com Denise Rocha nua, nas páginas da Playboy.
sua opinião
rodape