Quarta, 29 de Janeiro de 2020

Justiça condena Valdomiro Lopes por improbidade administrativa

14/01/2020 as 09:24 | S. J. do Rio Preto | SBT Interior
A Justiça de Rio Preto condenou o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) por improbidade administrativa.

Além dele, também foi condenado o ex-procurador-geral do município Luiz Antonio Tavolaro, que teria recebido "presentes" da Constroeste, como um Passat e viagem a China, a pedido dele.​​

No caso de Valdomiro a condenação é de suspensão dos direitos políticos por cinco anos. A decisão foi divulgada nesta segunda, 13.

"Julgo procedente a presente ação civil pública por improbidade administrativa pela ofensa ao art.11 da Lei 8.429/92 para o fim de condenar os réus VALDOMIRO LOPES DA SILVA JÚNIOR, LUIZ ANTONIO TAVOLARO, ALCIDES FERNANDES BARBOSA, CONSTROESTE CONSTRUTORA E PARTICIPAÇÕES LTDA, FARIA VEÍCULOS LTDA e WAYNE DO CARMO FARIA SOBRINHO"​, diz a decisão da Justiça.

Tavolaro e Valdomiro foram denunciados por corrupção passiva e o empresário por se beneficiar de dispensa irregular de licitação, em serviço de coleta de lixo, em 2010.

O ex-prefeito foi denunciado pelo procurador Mário Tebet, em julho de 2016, a partir de representação do promotor Sérgio Clementino. Na época, o caso foi analisado em São Paulo porque Valdomiro tinha foro privilegiado, uma vez que era prefeito. O ex-prefeito virou réu no final de 2017. Ao analisar as defesas apresentadas, o juiz, responsável pelo processo após seu retorno a Rio Preto, determinou prosseguimento do caso e rejeitou pedido para arquivá-lo. (Com informações do Diário da Região)
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com