Quarta, 29 de Janeiro de 2020

Victor Chaves, ex dupla com Léo, é condenado por agredir a mulher

13/01/2020 as 16:27 | Brasil | Da Redaçao
O cantor Victor Chaves, da ex dupla "Victor & Léo", foi condenado em primeira instância por agredir a esposa. O sertanejo se tornou réu em 2017, após ser indiciado pela Polícia Civil de Minas Gerais.

Segundo o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a pena - fixada no dia 29 de novembro - estabelece 18 dias de prisão em regime aberto. Na última quinta-feira (9), o cantor recorreu da ação e o caso foi encaminhado ao Ministério Público de Minas Gerais (MPMG).

De acordo com o TJMG, o cantor também deverá pagar R$ 20 mil à Poliana Bagatini Chaves, “como indenização em decorrência dos danos morais causados”, além de ter que arcar com os custos processuais. Foi estabelecido o benefício de so surcis, que é a suspensão condicional da pena, pelo prazo de dois anos.

O Portal RedeTV! tentou entrar em contato com a assessoria do artista, mas não obteve retorno até o momento. O MPMG informa que não irá se manifestar sobre o caso, pois o mesmo corre em "segredo de justiça".

O caso

Victor Chavez Zapala foi acusado de agressão por Poliana Bagatini, grávida de três meses do segundo filho do casal, em fevereiro de 2017. Ao portal RedeTV!, a Polícia Civil de Minas Gerais informou que ele foi indiciado por "vias de fato". Na época, Poliana Bagatini Chaves estava grávida do segundo filho do casal.

De acordo com o boletim de ocorrência, ela relatou ter sido agredida pelo marido por motivos fúteis em um prédio no bairro Luxemburgo, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Dois anos depois do caso e do fim da dupla com Léo, o cantor fez uma sátira da acusação de agressão, em um vídeo na internet.
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com