Sexta, 13 de Dezembro de 2019

Dívida da Santa Casa de Fernandópolis pode passar dos 50 milhões

28/11/2019 as 11:30 | Fernandópolis | Da Redaçao
Inadministrável! Essa é a palavra usada por alguns membros do Conselho Administrativo da Santa Casa de Fernandópolis. O caos instalado assustou as pessoas que pretendiam administrar a entidade até que se resolva definitivamente a nova provedoria.

Na manhã desta quinta-feira, dia 28, uma reunião no gabinete do prefeito André Pessuto tentou levantar dados sobre a saúde financeira da Santa Casa e as possibilidades de administração.

O custo semanal ultrapassa a casa dos R$ 100 mil e a entidade estaria sem créditos com os fornecedores para compra medicamento e outros insumos usados no dia-a-dia.

Se não houver uma solução imediata para sarnar parte da dívida, a Santa Casa de Fernandópolis corre risco de fechamento.

A reunião conta com a participação do prefeito André Pessuto, vereadores, membros do Conselho Administrativo, funcionários da Santa Casa e o provedor interino, Jesiel Bruzadelli Macedo.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com