Quinta, 17 de Outubro de 2019
Assassino de Paola Bulgarelli é condenado a mais de 32 anos
09/10/2019 as 18:00 | Araçatuba | SBT Interior
José Emerson de Barros Lins, o Miojo, foi condenado a 32 anos e quatro meses de prisão por estuprar, matar e jogar o corpo de Paola Bulgarelli no ribeirão Baguaçu, em Araçatuba (SP).​ O crime aconteceu em junho de 2015.

O júri popular durou mais de oito horas e foi feito no Fórum de Araçatuba. O esquema de segurança foi reforçado nas imediações do prédio, onde Miojo chegou por volta de 8h50.
Durante o depoimento, o acusado voltou a confessar que cometeu os crimes.

Após a decisão do júri, a sentença foi lida pelo juiz de direito Henrique de Castilho Jacinto.

Por conta do homicídio, Miojo foi condenado a 20 anos e 10 meses. Já pelo estupro, sete anos e seis meses, pela ocultação do cadáver, um ano e quatro meses e pelo furto do celular da vítima, dois anos e oito meses.

O CASO

Paola foi abordada por Miojo, estuprada e morta a caminho do trabalho. Uma semana depois, o corpo dela foi localizado no ribeirão Baguaçu. O homem chegou a ir no velório da vítima.

Miojo foi preso na casa de parentes, em Castilho (SP) e confessou o crime. Desde então, ele está preso.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com