Segunda, 30 de Março de 2020

AME e Lucy Montoro limitam atendimento a partir desta segunda

23/03/2020 as 06:55 | Fernandópolis | Da Redaçao
O AME – Ambulatório Médico de Especialidades – e o Centro de Reabilitação Lucy Montoro, limitarão atendimento a população de Fernandópolis e região devido as medidas adotadas pelo governo do Estado de São Paulo no combate a epidemia do coronavírus.

AME
Considerando a Pandemia do Covid-19 e seguindo a RESOLUÇÃO SS 28, PUBLICADA NO DIARIO OFICIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO EM 19 DE MARÇO DE 2020, da Secretaria do Estado da Saúde de São Paulo, a OSS Santa Casa de Andradina, responsável pelo Ambulatório Médico de Especialidades – AME Fernandópolis, informa que está reorganizando os atendimentos oferecidos por ele, sendo a partir de 23 de Março (segunda-feira) e por prazo indeterminado.
Neste Sentido, Solicitamos o apoio das Secretarias Municipais de Saúde de referência, para que comuniquem aos usuários agendados para primeira consulta e para exames externos, que seus agendamentos estão suspensos devendo aguardar novo contato. O AME ficará responsável pela comunicação da suspensão das agendas internas, pois alguns atendimentos serão mantidos, como pós-operatórios, casos oncológicos e outros casos que necessitem de avaliação. Os cancelamentos não trarão prejuízos para a continuidade do seguimento.
Considerando as orientações preventivas, também pedimos que não sejam transportados nos veículos municipais coletivos pacientes sintomáticos, que deverão permanecer em suas residências , além de restringir o número de pessoas em cada transporte.
Duvidas de usuários e informações deverão ser tratadas diretamente com o AME por meio do telefone de contato: (17) 3465-3030.

LUCY MONTORO
Já a Unidade de Reabilitação Lucy Montoro também emitiu comunicado oficial alterando as consultas agendadas e futuras no órgão.
Os pacientes elegíveis na triagem serão esclarecidos quanto às restrições referentes ao grupo de riscos (idosos maiores de 60 anos, com restrições respiratórias, dificuldades de comunicação e higiene pessoal, imunodeprimidos, com comorbidades, em tratamento de câncer) e que a primeira consulta médica será agendada em data posterior, sem risco de perda. Pacientes fora do grupo de risco com adequada condição de deslocamento até à unidade poderão iniciar seu tratamento, à critério médico.
Quanto aos pacientes que já estão em tratamento na unidade local a determinação é de que, em pertencendo ao grupo de risco, permaneçam em casa sem prejuízo no retorno ao tratamento em data posterior.
Os demais pacientes terão a opção de continuar ou não o tratamento, sem prejuízo de retornarem após o fim da crise da pandemia.
Para dissipar dúvidas dos usuários e qualquer outra informação, basta ligar para o telefone (17) 3463-8100.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com