Domingo, 05 de Abril de 2020

Pinato aposta em estreitamento com a China no combate ao Covid-19

23/03/2020 as 07:02 | Brasil | Da Redaçao
A aliança entre o Brasil e China deve ser mais estreita, ultrapassando acordos comerciais e chegando a uma cooperação mutua no combate a epidemia do Coronavírus. Independente de rumores e fatos, o Brasil precisa, mais do que nunca, é ter um relacionamento diferenciando e contar com todo tipo de ajuda e investimentos possíveis.

Além do presidente da Frente Parlamentar dos Brics, que pediu ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, urgência na aprovação do decreto legislativo que autorizará a implementação do escritório brasileiro do banco dos BRICs. Foi lá que a China teve US$ 1 bilhão para o combate ao coronavírus e ao tratamento dos que desenvolveram os sintomas da Covid-19.

Para o deputado Fausto Pinato, coordenador dos Brics, o governo tem mostrado uma atitude pragmática nas relações internacionais e que isso pôde ser demonstrado na viagem que o presidente Bolsonaro fez à China este ano.

“Incentivou os chineses a virem fazer parcerias com as empresas brasileiras, o que é importante. Porque muitas vezes fazendo as parcerias, a empresa brasileira aprende uma tecnologia. Acho que esse assunto já foi superado", avaliou Pinato.

O parlamento, que também figura como presidente da Frente Parlamentar Brasil-China, acredita que os parceiros comerciais possam contribuir com o Brasil, nessa luta biológica, por ter conseguido enfrentar o problema e resolver a situação no seu território.

Nem mesmo os EUA, foram radicais em suas atitudes. Uma fábrica chinesa de kits de testes para detecção do coronavírus se preparava para colocar 10 milhões desse produto no varejo. Nem conseguiu terminar a produção, porque o Exército americano bateu à porta e comprou tudo. Numa outra fábrica, houve quem tentasse comprar, pelo menos, dois milhões de kits, mas, antes de concluir a negociação, o Irã tinha adquirido 1,5 milhão.
MAIS LIDAS
É vedada a transcrição de qualquer material parcial ou integral sem autorização prévia da direção
Entre em contato com a gente: (17) 99715-7260 | sugestão de reportagem e departamento comercial: regiaonoroeste@hotmail.com